As opiniões emitidas neste blog, salvo aquelas que correspondem a citações, são de responsabilidade do autor do blog, em nada refletindo a opinião de instituições a que o autor do blog eventualmente pertença. Nossos links são verificados permanentemente e são considerados isentos de vírus. As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

quarta-feira, 9 de março de 2011

Pesca (e outras coisinhas) na Lagoa Paulino

Matéria no Jornal Sete Dias, de Carolina Mendes: Apesar de proibida, persiste pesca na Lagoa Paulino (clique aqui). Abaixo o primeiro e o último parágrafos:
"Em abril do ano passado, a Prefeitura publicou um decreto (4.066, de 26 de abril de 2010) interditando as Lagoas Paulino, Boa Vista e Cercadinho e proibindo “qualquer atividade de pesca, coleta e consumo de organismos aquáticos, uso de água ou práticas desportivas que impliquem banho ou contato com a água”. De acordo com o decreto, as pessoas que desrespeitarem a proibição estarão sujeitas à apreensão de todo o material utilizado, seja na pesca ou na lavação de carros, e também a penalidades cabíveis, como a multa. [...]
O recém-empossado Secretário de Meio Ambiente, Coronel Sérgio Luis Marques garantiu que não vai admitir a pesca nas lagoas. “Esta atividade degrada e estraga os jardins. Vamos buscar parceria com a Guarda Municipal e com a Polícia Militar para fazer cumprir a lei”.
E a lavação de carros? A lavação de carros (que também degrada e estraga os jardins), vai continuar sendo permitida enquanto os lavajatos que pagam impostos e contratam funcionários ficam a competir com essa ilegalidade? Que lei é essa que só é cumprida (quando é) pela metade? Pelo amor de Deus, alguém me explique que história é essa de buscar parceria com a Guarda Municipal. Eu já não entendo é mais nada. Eu pensei que a Guarda Municipal fosse ligada à prefeitura e, obviamente, às suas secretarias.
Já vi uma abordagem a um cidadão que pescava, fazendo com que ele jogasse todos os peixes capturados de volta na lagoa. Muito bacana... aquele monte de peixe morto boiando na lagoa. Não haveria um destino mais adequado aos peixes? Uma lata de lixo, talvez?
Ainda que mal lhe pergunte, onde estão as providências para diminuir os tais "coliformes fecais" que pululam nas nossas lagoas?

Ramon Lamar de Oliveira Junior

6 comentários:

  1. Ramon.

    A bela cidade e sua ótima qualidade de vida, ainda necessita de alguns anos para se adequar ao aumento (explosivo) de sua população. Infelizmente carece de uma gestão descentralizada (de fato).
    Parabenizo o colega pelo empenho, que vai expandindo-se para a cultura (além do meio ambiente). Ações de um setelagoano apaixonado por sua terra.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Pô, Cláudio.
    A gente tenta fazer de tudo um pouco. Já estou quase batendo escanteio e correndo na área para cabecear.
    E acho que é menos uma questão de empenho e mais uma questão de inquietação. Começa a dar um comichão pelo corpo ver o estado das coisas. Podemos mais, muito mais.
    Só os sorrisos das crianças nos blocos e na Verde e Branco já valem por uma vida inteira.
    "Qualquer tipo, vai rompendo...", como diria meu sobrinho!
    Abração!!!

    ResponderExcluir
  3. Ola Ramon e Claudio,

    Com relaçao a pesca na Lagoa Paulino, eu com meus 8-9 anos pescava sempre la'. No entanto, minha pesca era um pouco sui generis: eu pescava e devolvia os peixes a lagoa imediatamente e nao era o unico que fazia isso. So' levava a vara, minhocas ou miolo de pao. Raras vezes os peixes resultavam feridos seriamente pela fisgada. Conselhos de minha mae que detestava o mal trato aos animais!


    Abs.

    Claret

    ResponderExcluir
  4. Ramon.

    À época da proibição da pesca fui um dos que encheu o saco inclusive escrevendo ao Jornal Sete Dias tendo minha carta publicada. A beira da Lagoa Paulino estava intransitável naqueles dias que você deve se lembrar. Chegou a virar uma farra com pessoas em cadeiras de praia e seu piqueniques que deixavam seus rastros de sujeira. Mas para mim, na época, era só uma questão de ordem.

    Fiquei espantando quando o decreto-lei saiu com suas alegações de ordem sanitária. Espantado não pela dúvida sobre a qualidade da água mas pelo modo como a lei deveria ser cumprida. Mais que os pescadores, a lei deveria impedir ação de lavadores e, já que a água foi considerada imprópria ao contato, até mesmo o uso dos pedalinhos e da fonte deveria ser proibido.

    E aí? Como fica? Tocar na água não pode mas respirá-la é permitido. Mais que permitido, é aconselhado! A aspersão da água da Lagoa Paulino através da fonte foi considerada pela prefeitura uma das medidas para se amenizar a baixa umidade relativa em meados do ano passado.

    Frederico Dantas.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia, parabêns pelo blog.
    Sou Sete Lagoano apaixonado pela cidade, espero que desta vez estas providências sejam tomadas para que se evite a pesca não só na lagoa Paulino e Cercadinho mas, principalmenete na Lagoa Boa Vista. Ao meu ver esta prática além de degradar desvaloriza o ambiente ao redor das lagoas.
    Mais uma coisa, quando nossa cidade terá uma estação de tratamento para esgoto? Podem pesquisar, Sete Lagoas é a cidade que mais polui o rio das Velhas. Que vergonha....
    Abraço.
    ATT:
    André Balbi

    ResponderExcluir
  6. André,
    obrigado pela visita. Volte sempre que puder.
    Se tiver umas fotos da situação da Lagoa da Boa Vista, é só mandar que publico com os devidos créditos.
    Quanto às ETEs, nós temos duas... que tratam 6% do esgoto da cidade (quando funcionam). E nossas lagoas estão virando depósito de esgoto pois os vazamentos caem no recolhimento pluvial e vão direto para as lagoas. Você viu a situação da Lagoa do Brejão aqui no blog?
    Quanto às providências, se não conseguem nem controlar a Lagoa Paulino, que dirá das outras. E olha que a Polícia mora dentro da Lagoa da Boa Vista, não mora? Ainda tem um posto aí do lado do campo, ou não?
    Abraços!!!

    ResponderExcluir

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.