As opiniões emitidas neste blog, salvo aquelas que correspondem a citações, são de responsabilidade do autor do blog, em nada refletindo a opinião de instituições a que o autor do blog eventualmente pertença. Nossos links são verificados permanentemente e são considerados isentos de vírus. As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

domingo, 3 de junho de 2018

REGISTROS QUE EU PREFERIA NÃO TER REGISTRADO

Foto do dia 31 de  maio de 2018. Após conseguirmos aterrar a pista, acreditou-se que era possível recuperá-la. Bom, o resultado está aí. A matéria que comemora a recuperação do Bowl está em http://setelagoas.com.br/noticias/esportes/34669-pista-de-skate-sera-recuperada-atraves-de-acao-conjunta-entre-associacao-e-prefeitura. Dinheiro jogado fora!

Apesar das diversas reportagens a respeito, com a indicação das soluções técnicas, o problema das fezes de garças e biguás continua na orla da Lagoa Paulino. Talvez quando acertar um político, ou a esposa do mesmo, ou a mãe... talvez assim alguém tome mesmo uma providência. Impressionante!

Eutrofização (água verde pela proliferação de algas, que pode levar à mortandade de peixes) e festival de garrafas flutuantes (falta de educação ambiental, falta de qualquer tipo de educação... esse é o retrato de uma grande parcela da população, infelizmente!).
Fotos: Ramon Lamar de Oliveira Junior

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Greves, caminhões, gasolina e sociedade...

Sei que está cheio de opinião por aí, mas vamos lá. Pedrada a gente toma toda hora mesmo. Sei também que um movimento organizado nesse Brasil é algo até utópico. O nível de organização nosso é visível apenas ao microscópio. E sei também que é mais fácil falar depois de tudo o que passamos ou ainda vemos.
Pois bem. Os caminhoneiros têm uma força gigantesca na sociedade. Comparável a eles talvez só os bancários (que está sendo substituídos por caixas eletrônicos) e uma ou outra categoria. Nós, professores, temos força alguma. Até porque somos divididos em escola pública, particular, universidade e vai por aí afora, cada uma com demandas diferentes e sem muitos pontos em comum para criar uma pauta única.
Mas os caminhoneiros poderiam ter feito uma pauta de reivindicações em prol não só deles, mas da sociedade brasileira como um todo. Poderiam ter incluído Diesel, Gasolina, Álcool e Gás de Cozinha nesse acordo. Ou seja, tudo o que a Petrobrás está metendo a mão para compensar os anos de roubalheira que lá aconteceram (e não nos esqueçamos disso!). Certa consideração com produtos alimentícios e hospitalares também seria muito importante pois isso o governo não está nem aí. O governo se preocupou primeiro foi com AEROPORTOS, ou seja, a porta de saída deles. Creio que teriam assim mais apoio da população e que estariam realmente prestando um serviço enorme ao país e a todas as categorias que são indefesas em relação às ações do governo. Quem sabe, na próxima, os líderes dos movimentos tentem pensar no brejo inteiro e não apenas em alguns sapos.