As opiniões emitidas neste blog, salvo aquelas que correspondem a citações, são de responsabilidade do autor do blog, em nada refletindo a opinião de instituições a que o autor do blog eventualmente pertença. Nossos links são verificados permanentemente e são considerados isentos de vírus. As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Peixe Morto

Colaboração do Paulinho do Boi.
Em tempo: o Paulinho não colaborou matando o peixe, apenas enviou as fotos.
O peixe, coitado, ter morrido de velhice, né? Ou de tédio, depois de ficar dando voltinhas na Lagoa.


Resultados do Censo 2010 - População de Sete Lagoas

Fonte: www1.folha.uol.com.br/cotidiano/censo_2010.shtml


[Clique na imagem para ampliar]

Mais dados publicados no Sete Dias (aqui)


Sete Lagoas - MG Censo 2010 - Primeiros Resultados

* Total da população: 214.071 habitantes
* Total de homens: 103.912
* Total de mulheres: 110.159
* Total da população urbana: 208.879 pessoas
* Total da população rural: 5.192 pessoas
* Total de domicílios particulares: 70.907
* Total de domicílios particulares ocupados: 62.736
* Total de domicílios particulares não-ocupados fechados: 430
* Total de domicílios particulares não-ocupados de uso ocasional: 2.316
* Total de domicílios particulares não-ocupados vagos: 5.425
* Total de domicílios coletivos: 125
* Total de domicílios coletivos com morador: 40
* Total de domicílios coletivos sem morador: 85
 

Fonte: IBGE, Primeiros Resultados do Censo 2010.




segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Para o Pablo, a pedidos...

O anúncio da "obra". De acordo com a moradora,
não era reparo de esgoto e sim de água.

 O final da "obra". Asfalto sobre "borrachão" (terra molhada). 
Crônica de um acidente anunciado. E o vazamento continuou, piorando a situação.
A foto foi tirada pois da minha janela, onde estava (e estou) digitando, 
escutei um barulhão e achei que iria danificar é a árvore. 
Mal sabia que alguns dias depois...

O caminhão abastecendo a caixa d'água da casa. O reparo não funcionou.
Para desviar do caminhão, o FOX passou sobre a armadilha.

Caiu na armadilha. 
 
 O asfalto foi afundando rapidamente. Desespero, pois o
reboque contratado pela seguradora não chegava.

Uma hora depois do acidente o local devidamente sinalizado.

E o asfalto já está afundando de novo...

Fotos: Ramon Lamar de Oliveira Junior

Balanço Geral em Sete Lagoas

Fiquei sabendo de uma reportagem exibida hoje sobre o Hospital Municipal. Aconteceu mesmo? Foi no Balanço Geral? Alguém tem alguma informação, link, imagem???

domingo, 28 de novembro de 2010

Ginásio Poliesportivo Dr. Márcio Paulino (Ginásio Coberto)

Eu sei que a coisa tá feia. 
Prefeito e secretários vivem falando que não tem dinheiro para nada. 
Mas será que não tem dinheiro nem para uma boa esfrega nas arquibancadas do Ginásio Coberto? Nem uma boa limpeza nos banheiros que são abertos ao público? O ginásio está sujo, empoeirado. Os banheiros públicos estão terríveis, irrespiráveis. Vamos lá gente, façam uma visita. Vamos sair dos gabinetes e olhar mais a cidade. É pertinho!
Estive lá hoje, acompanhando alguns jogos de futsal feminino.  Minha aluna Natália, de Cachoeira da Prata, estava jogando com o time de sua cidade e eu fui prestigiar. Fiquei com vergonha, sinceridade. Veio o ônibus de Cachoeira, time completo (com reservas e tudo), técnico, auxiliares... e o Ginásio naquela base. Nem um placarzinho manual para a torcida acompanhar o jogo. Só sei que o time de Cachoeira deu um baile e venceu de um tanto a dois. Sem contar a pintura toda descascando. 
Por favor, vamos receber bem os visitantes. Vamos marcar esse gol.

 Natália fazendo uma defesa e depois fazendo um gol. 
Goleiro bom é assim: joga bem na linha e no gol.
[Clique nas imagens para ampliar.]

 Fotos e texto: Ramon Lamar de Oliveira Junior

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Parabéns, Setelagoanos!

A cidade já é velhinha, 143 anos, e ainda coleciona alguns dramas que resistem ao passar dos anos e dos governos. Mas a cidade tem suas belezas naturais, bênçãos que devemos cultivar e manter. E tem um povo que merece muita atenção e muito carinho, que trabalha com a esperança de progredir a cada dia.


Parabéns, setelagoanos. Vamos seguindo em frente, errando ou acertando, mas com o desejo de ver nossa cidade sempre melhor.

Ramon Lamar de Oliveira Junior

Parque da Lagoa Grande

No início deste ano, o Secretário de Meio Ambiente, Lairson Couto, conversou comigo sobre uma possibilidade de implantação de um Parque Ecológico na região da Lagoa Grande em uma área pertencente em parte à COHASA. Tal área já estaria ajustada com a FEAM como compensações ambientais com a prefeitura.
Apresentei algumas ideias e antes que algum aventureiro lance mão delas como se fossem suas ideias originais e fique com todo o crédito (essas coisas costumam acontecer) preferi expô-las aqui no blog.  Assim, posso contar com a ajuda dos amigos leitores do blog para que possamos, ao menos no espaço virtual, dar vazão a essa necessidade da população setelagoana.
Claro que está tudo muito esquemático e hipotético, mas vamos lá...


PRESERVAÇÃO PESQUISA: área com um "cerradão" relativamente bem preservado que seria destinada apenas a preservação e pesquisas, podendo eventualmente seus frutos (pequis) serem utilizados para produção de doces por uma cooperativa de moradores da região.
CENTRO ECO: centro ecopedagógico com salas e auditórios para ministrar cursos, fazer exposições e outros eventos.
PARQUE BOTÂNICO: com plantas e árvores representantes das diversas regiões fitogeográficas do Brasil e algumas do restante do mundo, com as espécies identificadas e locais para descanso e estudo.
ZOO: área reservada para uma possível transferência do Minizoológico da Boa Vista para o local, aproveitando a água que corta o parque botânico em grandes espaços reservados para os animais.
SENTIDOS: área com plantas que podem ser identificadas pelos sentidos não visuais (tato, olfato...), sendo de interesse para o conhecimento de todos em geral e especialmente para os deficientes visuais.
FRUTOS DO CERRADO: área a ser incrementada com mais plantas frutíferas do cerrrado para atração de pássaros e utilização eventual de seus frutos.
CAPIM e CURRAL: produção de capim para manutenção do Curral Municipal (que já funciona no local) e abastecimento do zoo.
BOSQUE DE ANGICOS: preservação do bosque já existente com locais de visitação, trilhas, repouso, leitura...
PIER DE OBSERVAÇÃO: construção avançando alguns metros na Lagoa Grande para observação e estudos .
HORTO: produção de espécies para arborização urbana (ao lado do bosque de angicos).
RECUPERAÇÃO DO CERRADO: minitrilhas educativas, produção de frutos do cerrado, caminhadas...
A ideia prevê ainda a arborização das áreas de estacionamento com plantas normalmente utilizadas na arborização da cidade e suas respectivas identificações.

Ramon Lamar de Oliveira Junior

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Publicações Picaretológicas - Picaretologia Química

Conheci, por meio de indicação de colegas da Biologia da UFMG, a Comunidade Picaretológica no Orkut. Imediatamente fiquei fã. Posteriormente, pedi licença ao chefe, dono e mentor da comunidade - o amigo Ewerton "Inimigo do Xilema" Machado - e criei a Comunidade de Picaretologia Química, onde discutimos seriíssimas questões sobre o desenvolvimento da ciência picaretológica aplicada à química. As discussões geralmente passam para as páginas da Revista Brasileira de Picaretologia Química, juntamente com uma grande variedade de outras contribuições.


Claro que muitos acham que é uma besteira, coisa de quem não tem o que fazer e que poderia estar gastando seu tempo melhor com outra coisa mais produtiva. 
Só que o objetivo da comunidade e da revista é trazer um pouco de humor para a vida das pessoas. O depoimento do amigo Miguel no último número da Revista Brasileira de Picaretologia Química me emocionou às lágrimas, verdade! Tive a certeza do papel importante do humor na vida das pessoas e, recompensa maior do que essa, eu nem esperava.
Cliquem nos links das publicações picaretoquímicas e divertam-se os que tiverem humor (e química).

Revista Brasileira de Picaretologia Química - Número 01
www.nucleodeaprendizagem.com.br/rbpq01.pdf

Revista Brasileira de Picaretologia Química - Número 02
www.nucleodeaprendizagem.com.br/rbpq02.pdf

Revista Brasileira de Picaretologia Química - Número 03
www.nucleodeaprendizagem.com.br/rbpq03.pdf

Revista Brasileira de Picaretologia Química - Número 04
www.nucleodeaprendizagem.com.br/rbpq04.pdf

Pequeno Dicionário de Picaretologia Química
Versão para leitura: www.nucleodeaprendizagem.com.br/dicpicq.pdf
Versão para impressão: www.nucleodeaprendizagem.com.br/dicpicqb.pdf
(Atenção: a impressora não aceitará a impressão se você não usar papel reciclável.)
Versão 2.0 do Pequeno Dicionário de Picaretologia Química: http://www.nucleodeaprendizagem.com.br/dicpic2.pdf

1o BOLETIM DA REVISTA BRASILEIRA DE PICARETOLOGIA QUÍMICA
*** ALERTAS DE FIM-DE-ANO E PERÍODO DE FESTAS ***
www.nucleodeaprendizagem.com.br/rbpqbol1.pdf

Antecipadamente, peço desculpas por eventuais erros de português ou digitação. O afã de concluir os artigos muitas vezes é nosso inimigo.

Texto: Pk. Ramon

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Comemorações do Aniversário da Cidade, uma comparação.

Ano passado: 142 anos

01) 8 horas, com hasteamento de bandeiras na Praça do CAT JK, centro da cidade
02) 15 horas, o prefeito Maroca assina, no gabinete, convênio para a Feira de Artes e Artesanato, que terá novas barracas e banheiros químicos
03) 19 horas será aberta exposição comemorativa dos Grupos de Folias e Reis e Pastorinhas de Sete Lagoas, no Centro Cultural Nhô Quim Drumond Casarão
04) 19h45 será reinaugurada a Fonte Luminosa da Lagoa Paulino
05) No próximo domingo (29), numa parceria entre a Prefeitura e o Centro Universitário de Sete Lagoas (UniFEMM), acontece o 1º Passeio Ciclístico do UniFEMM, no Parque Náutico da Boa Vista.

Este ano: 143 anos
 
01) 19/11 - 19h – Apresentação do Grupo de Chorinho Arabiando, de Recife-PE, na Feira de Artes e Artesanato (Feirinha)
02) 20/11 - 9h - Centro Cultural Casarão / Literata – Comemoração do Dia Nacional da Consciência Negra – Apresentações artísticas.
03) 20/11 - 15h – Inauguração de placa comemorativa pelo centenário do escritor João Guimarães Rosa. Local: Avenida Guimarães Rosa, em frente ao Clube do 4º GAAAe. Saída de Cavalgada Festiva em direção ao Centro Cultural Casarão / Literata
04) 21/11 - 9h - Apresentação artística na Feira da Boa Vista.
05) 22/11 - Entrega de reformas das unidades de Saúde.
06) 23/11 - Assinatura de convênio do “Novo Polo Industrial de Sete Lagoas” entre Prefeitura de Sete Lagoas, Governo de Minas e Iveco no Palácio Tiradentes - Cidade Administrativa.
07) 23/11 - Parceria entre Prefeitura de Sete Lagoas, Governo de Minas e Cemig lançando a instalação da primeira Usina Solar da América Latina em Sete Lagoas. Palácio Tiradentes - Cidade Administrativa.
08) 24/11 - 14h – Entrega de novos veículos e ambulâncias. Praça Francisco Sales na Orla da Lagoa Paulino.
09) 24/11 - 19h – Prefeito recebe o Papai Noel e inaugura o Natal de Luz na Alameda Euro Andrade na orla da Lagoa Paulino, com a Banda União dos Artistas e Coral Santa Cecília.
10) 25/11 - 18h – Quinta na Praça Especial – show Encanto Negro, com participação de Carlos Saúva, Mercês Bertoldo e Aílton de Castro, pela 2ª Semana da Consciência Negra de Sete Lagoas
11) 26/11 - 19h30 – Show 143 anos de Sete Lagoas, com Anderson Mota e Banda e convidados, na Feira de Artes e Artesanato (Feirinha)
12) 27/11 - Encerramento: 9h às 17h – Governo Itinerante, reunindo serviços de utilidade pública, atendimentos à comunidade, atrações artísticas, brincadeiras para a criançada na Praça da Arara, bairro Orozimbo Macedo.



Numa comparação, algumas perguntas:

a) Ano passado, a comemoração foi fraca mesmo ou é impressão minha?
b) Em 2010 nem precisaremos de hasteamento de bandeiras (deve acontecer, é claro) e passeio ciclístico para "engordar" o evento?
c) Alguns eventos de 2010 (02, 05, 06, 07, 08 e 10) não estão no rol apenas por conveniência, ou coincidência de datas, ou seja, sem relação alguma com o Aniversário da Cidade? Não estou afirmando que não sejam acontecimentos importantes, apenas que não ocorrem em função do aniversário da cidade. A mesma coisa do evento 02 do ano passado, que só se concretizou (parcialmente, né) mais de 6 meses depois.

PS.: Aliás, como anda o projeto "Sete Lagoas - Cidade do Futuro", da CEMIG, tão comemorado no final do ano passado?

Dúvidas de: Ramon Lamar de Oliveira Junior

sábado, 20 de novembro de 2010

Árvore de caule retorcido

Todos que já estudaram sobre o cerrado já escutaram a expressão: "árvores de tronco retorcido". Bom, o pequizeiro abaixo é a melhor ilustração possível. Vai ser retorcido assim lá no meio do cerrado!!!

Pequizeiro (Caryocar brasiliense)

Foto: Ramon Lamar de Oliveira Junior

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Paisagismo: curso em Holambra

Em junho deste ano, participei juntamente com a artista plástica Adriana Drummond, a paisagista Rosimayre Gontijo e a arquiteta Regina Márcia Moura do Curso de Manejo de Áreas Verdes, com enfoque no Paisagismo Urbano, em Holambra SP.

Eu, Regina Márcia, Gustaaf Winters, Adriana Drummond e Rosimayre Gontijo.
O curso, ministrado pelo renomado paisagista Gustaaf Winters, abordou variados aspectos do paisagismo de ruas, praças e parques. Temas atuais relacionados desde a qualidade de vida dos cidadãos até a redução do vandalismo e criminalidade foram objeto de reflexão.
Gustaaf Winters nasceu em Bergh (Holanda). É biólogo pelo Instituto de Biociências de Rio Claro (UNESP) e especializado em Paisagismo na Holanda, já tendo implantado inúmeros projetos em diversas cidades brasileiras, entre eles a participação no paisagismo do Aeroporto Internacional de São Paulo (Guarulhos) e no Parque Ecológico Tietê (São Paulo).
Fundador do Centro Paisagístico que leva o seu nome, Winters tem ampla experiência no tema e a transmite aos discípulos com praticidade, objetividade e competência. Suas reflexões sobre a influência do bom paisagismo no funcionamento das cidades são obrigatórias para todos os que trabalham na área.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Interação inseto-planta

Conheci a Serra do Cipó durante um trabalho de campo da disciplina Ecologia Geral, nos idos de 1985. A turma havia sido dividida em grupos e coube ao nosso coletar galhas ("tumores" vegetais formados pelo desenvolvimento de insetos em seu interior - os ovos são colocados por moscas ou vespas no interior das partes das plantas, principalmente caules e folhas). Nosso grupo deveria coletar várias galhas e desenvolvê-las em laboratório até o "parto" dos filhotes. Outros grupos trabalharam com outros aspectos da Interação Inseto-Planta.
A interação inseto-planta é um dos pontos altos da evolução das angiospermas e dos insetos, dois grupos extremamente bem sucedidos na evolução, o primeiro com cerca de 300.000 espécies e o segundo com 900.000 espécies. A forma mais conhecida de interação é a polinização.
Abaixo, algumas imagens dessa interação, obtidas no último final de semana lá no Cipó.





Exemplo de galha foliar.



Texto e fotos: Ramon Lamar de Oliveira Junior

Canário-chapinha na Pousada Rancho Cipó

Uma das belas atrações da Pousada Rancho Cipó  (Serra do Cipó - MG) é a presença de uma grande variedade de aves livres que ali frequentam buscando a água fresca e os frutos e sementes de muitas árvores e arbustos escolhidas para atraí-las. 

[CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR]

Foto: Ramon Lamar de Oliveira Junior

Pedro Morais na Pousada Carumbé (Serra do Cipó)

No último final de semana, tivemos a oportunidade de assistir ao show do Pedro Morais na Pousada Carumbé, na Serra do Cipó. Além de suas próprias melodias, Pedro interpretou de forma muito própria diversos sucessos da MPB.


Agora estamos no aguardo da vinda dele em Sete Lagoas, durante a Literata (Festa Literária de Sete Lagoas - de 17 a 20 de novembro). Pedro Morais se apresentará abrindo o show da Aline Calixto, no Templo 8, no dia 19 de novembro (sexta-feira) a partir das 20:30 horas.

Texto e foto: Ramon Lamar de Oliveira Junior

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Justiça Federal derruba liminar que suspendia prova do Enem

(condensado da Folha de S.Paulo, on line)


O Presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, desembargador Luiz Alberto Gurgel de Faria, derrubou na manhã desta sexta-feira a decisão que impossibilitava o prosseguimento do Enem, após problemas encontrados na prova realizada no último fim de semana.
Na decisão, o desembargador afirmou que a suspensão do exame traria transtornos aos organizadores e candidatos de todo o Brasil. Ele ainda afirmou que a alteração do cronograma do Enem repercutiria na realização dos vestibulares promovidos pelas instituições de ensino superior, uma vez que diversas entidades utilizarão as notas da prova.
Segundo o Tribunal Regional Federal, Faria destacou ainda o possível prejuízo de R$ 180 milhões decorrente da contratação da logística necessária à realização de um novo exame.
A suspensão do Enem havia sido determinada na última segunda-feira. Na decisão, a juíza federal Karla de Almeida Miranda Maia, da 7ª Vara Federal, se baseou no argumento de que o erro da impressão das provas prejudicou os candidatos. "Esses erros de impressão, de montagem e de aplicação das provas do Enem foram todos admitidos pelo Inep, o qual se manifestou sobre isso de forma pífia", escreveu.
Ontem, a Advocacia-Geral da União entrou com um recurso. Foram enviadas informações a respeito do histórico do exame e da metodologia adotada no Enem tanto ao TRF-5 quanto para a juíza Miranda Maia. 

Comentário: Esperamos as providências do MEC/INEP para garantir a situação dos candidatos prejudicados com as provas amarelas cheias de "inconsistências" (como o amigo Flávio de Castro manifestou-se de forma elegante). E esperamos, mais ainda, que o MEC/INEP tenha aprendido várias lições desse episódio e passe a tratar o exame com a SERIEDADE que os estudantes merecem.

O par de gameleiras

Localizadas num lote na esquina das ruas Leopoldina e Floripes Guimarães Cotta, a apenas 150 metros da Lagoa do Cercadinho, estão estas duas gameleiras (Ficus doliaria) históricas. Conta-se que sob sua copa os tropeiros descansavam, o que dá a elas a qualidade de árvores  históricas e centenárias. Mas não existe nenhuma legislação municipal que as proteja, estando em terreno particular. É contar com a boa vontade do proprietário em respeitá-las (tenho 99,99% de certeza que poderemos contar com essa boa vontade), garantindo a manutenção dessas árvores majestosas. Penso que a administração municipal poderia ter desapropriado o terreno e ali feito uma bela praça antes da especulação imobiliária ter atingido a região. Mas naquela época os admnistradores públicos não pensavam assim (hummm... agora é diferente?). O Polvo Paul, antes de falecer (claro!) profetizou que tal pensamento conservacionista chegará e se firmará em Sete Lagoas nos próximos 680 anos.



 [CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR]

As gameleiras são árvores nativas do Brasil, da família das Moraceae, podendo atingir até 20 metros de altura. São figueiras, o que pode ser percebido pelos seus frutos (na verdade pseudofrutos). Os figos são, na verdade, inflorescências curvas com uma abertura por onde entra uma pequena vespa da família Agaonidae que poliniza as flores em seu interior. Para cada espécie de figueira existe uma espécie de vespa polinizadora. A extinção de uma espécie decreta a extinção da outra. É o que chamamos de co-evolução. Magnífico exemplo da convivência pacífica e necessária entre aqueles que são (ou se julgam) diferentes: serve para brancos e negros, palestinos e judeus, governo e oposição...
As gameleiras podem crescer a partir de sementes que caem na bifurcação ("forquilha") de outras árvores. Germinando naquele ambiente, lançam "raízes" até o chão que se enroscam no caule da planta suporte, podendo estrangulá-las e matá-las pelo impedimento da condução da seiva. Por isso são chamadas também de mata-pau ou cipó mata-pau.
A madeira da gameleira é usada para produzir gamelas (daí o nome popular da árvore) e outros objetos da cozinha como as colheres de pau, ou ainda canoas pequenas e leves. Na cultura Nagô, a gameleira é uma planta sagrada e sua copa é considerada excelente local para se deixar oferendas aos orixás (A história das figueiras ou gameleiras, ALVES, A.B. e cols).

Texto e fotos: Ramon Lamar de Oliveira Junior

PS.: A foto abaixo é só para ficar com uma pontinha de inveja de nossa vizinha Fortuna de Minas, onde estivemos ontem conversando com o prefeito João Evangelista sobre as praças e a arborização da cidade. O único pecado é o costume errado de pintar o caule da árvore.

Uma gameleira jovem, bem localizada na praça principal de Fortuna de Minas.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Da Folha de S.Paulo, on line: Sete Lagoas mais uma vez na mídia.

CNJ afasta juiz de MG que chamou Lei Maria da Penha de "conjunto de regras diabólicas"

FELIPE SELIGMAN
DE BRASÍLIA

O CNJ (Conselho Nacional de Justiça) decidiu nesta terça-feira afastar por pelo menos dois anos um juiz de Sete Lagoas (MG) que considerou inconstitucional a Lei Maria da Penha em diversas ações contra homens que agrediram suas companheiras, alegando ver na legislação "um conjunto de regras diabólicas" e dizendo que "a desgraça humana começou por causa da mulher".
Por 9 votos a 6, o conselho decretou a disponibilidade de Edilson Rumbelsperger Rodrigues, pena prevista na Lei Orgânica da Magistratura, que considera "grave" a atitude de um magistrado, mas não o suficiente para levar a aposentadoria compulsória.
Durante o período, ele receberá salário proporcional ao tempo de serviço e poderá pleitear a volta ao trabalho após dois anos de afastamento. A maioria dos conselheiros seguiu o relator, Marcelo Neves, ao entender que Rodrigues deveria ser afastado por usar em suas decisões uma linguagem discriminatória e preconceituosa.
Em sua defesa, o magistrado afirmou em uma nota divulgada no início do processo, que não ofendeu ninguém, apenas se posicionou contra a legislação "em tese".
A divergência foi proposta pela conselheira Eliana Calmon, que propôs uma censura ao juiz, com a aplicação de um exame de sanidade mental, ideia que não prevaleceu.
A Lei Maria da Penha (nº 11.340) é considerada um marco na defesa da mulher contra a violência doméstica. Sancionada em agosto de 2006, a legislação aumentou o rigor nas penas para agressões contra a mulher no lar, além de fornecer instrumentos para ajudar a coibir esse tipo de violência.
Seu nome é uma homenagem à biofarmacêutica Maria da Penha Maia, agredida seguidamente pelo marido. Após duas tentativas de assassinato em 1983, ela ficou paraplégica. O marido, Marco Antonio Herredia, só foi preso após 19 anos de julgamento e passou apenas dois anos em regime fechado.
Em uma das sentenças proferidas por Edilson Rodrigues, porém, a lei é chamada de "monstrengo tinhoso", seguida das seguintes considerações: "Para não se ver eventualmente envolvido nas armadilhas dessa lei absurda, o homem terá de se manter tolo, mole, no sentido de se ver na contingência de ter de ceder facilmente às pressões."
Ele também afirma que "a vingar esse conjunto de regras diabólicas, a família estará em perigo, como inclusive já está: desfacelada, os filhos sem regras, porque sem pais; o homem subjugado".
E conclui: "Ora, a desgraça humana começou no Éden: por causa da mulher, todos nós sabemos, mas também em virtude da ingenuidade, da tolice e da fragilidade emocional do homem (...) O mundo é masculino! A ideia que temos de Deus é masculina! Jesus foi homem!".

Politização do ENEM-2010

Vejo, com muita desilusão, uma verdadeira campanha Situação X Oposição em relação aos problemas com o ENEM-2010. Partidários on line de ambas as correntes já aparecem, revivendo os piores momentos da campanha eleitoral. Sobram acusações de Partido da Imprensa Golpista (PIG) para lá e para cá. Tudo conduzido pela falta de humildade em assumir os erros. Os prejudicados que se explodam, são meros agitadores.
Até jornalistas que nem entendem nada de exames, provas e concursos apareceram, do alto dos seus microfones, para dar pitaco no assunto. Não sabem de que lado se posicionar. Ligaram a metralhadora e saíram fuzilando quem? Quem foi prejudicado ao receber um caderno amarelo todo defeituoso e uma folha de respostas com o cabeçalho invertido. Mas como jornalista não precisa mais de diploma, e os políticos nunca precisaram... É uma vergonha! Crítica de jornalista é fácil, afinal de contas a pimenta não foi no olho deles. Mas quando falam em cercear a imprensa... ai meu olho!!!
Falta do Ministro da Educação uma resposta clara para a sociedade. Falta assumir o erro e mostrar as opções disponíveis para saná-lo. Mas com seriedade. Não com aquela conversinha de que "foi tudo bem" e são apenas "pessoas querendo tumultuar o processo". Em EDUCAÇÃO não podemos reduzir as questões a simples percentuais. Não interessa se são 2.000, 20.000 ou 200.000 candidatos prejudicados. Eles tinham direito a fazer uma prova sem falhas. Ponto final.
Sou grande defensor do ENEM, mas não desse modelo de ENEM: prova demasiadamente longa, várias limitações (lápis, borrachas e relógios proibidos), muitos aplicadores sem experiência, correção da redação por professores que não são da área, inexistência da cobrança de obra literária ... e vai por aí afora.

Sugestões já cansei de dar, mas repito até cansar:
1) Revisão do programa da prova (estabelecimento de um Programa para o Ensino Médio igual nas escolas e na prova do ENEM, e da matriz de habilidades e competências.)
2) Revisão do número de questões e alternativas (22 questões com quatro alternativas por área e uma redação, seria uma opção melhor).
3) Realização da prova em um único dia (domingo) evitando problemas com trânsito, religiões etc.
4) Indicação de duas ou três obras literárias disponíveis gratuitamente na internet (trocando uma a cada 2 ou 3 anos).
5) Publicação de obras de referência pelo MEC e sua distribuição nas escolas públicas e disponibilização na internet.
6) Utilização da logística das Universidades Federais para a aplicação das provas e amplo treinamento dos aplicadores.
7) Desvinculação da divulgação da nota da redação com a nota das provas objetivas.

Sei que o modelo não será revisto. Na declaração oficial, o ENEM foi um sucesso e os erros são subestimados. Quem reclama está errado ou mal informado. Ponto final.

Ramon Lamar de Oliveira Junior

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Lápis, borracha e relógio: uma lição para o MEC/INEP.

Sem poder usar RELÓGIO, o MEC/INEP agora corre contra o tempo para reverter uma sentença da Justiça Federal do Ceará.
Tivesse o MEC/INEP cometido seus erros a LÁPIS, poderia usar a BORRACHA para corrigi-los. Sem esse recurso, o erro se eterniza.
Quanta ironia!!! A criatura (ENEM) se revolta contra o criador (MEC/INEP). Um ano foi pouco para que aprendessem com os erros do passado. Isso indica que verdadeiramente não se importaram com as falhas anteriores, não modificaram nada no processo e se convenceram que foi tudo lindo e maravilhoso. Não basta comprar o apoio das universidades federais com milhões de reais. É preciso sentir a realidade.
ESTÁ NA HORA DE TROCAR O TÉCNICO.

O Ministro da Educação, Fernando Haddad, e o presidente do Inep, Joaquim José Soares Neto (ao fundo).


As respostas-prontas do MEC/INEP no Twitter. Sem saber como andavam
as provas já estavam comemorando o "sucesso" da prova. Ridículo!!!


Ameaças de processo via Twitter e a beleza do vocabulário "dançaram":
nota zero numa redação de 140 caracteres.

Ramon Lamar de Oliveira Junior

HERRAR É UMANO!!! (Um sonho sonhado...)

Sonhei que após tantos erros do MEC/INEP, eles se renderam ao peso da verdade e publicaram uma cartinha do tipo:

Prezados estudantes de todo o país,
pedimos sinceras desculpas pelos acontecimentos do ENEM/2009 e do ENEM/2010. Criticamos tanto o sistema dos vestibulares, mas não sabíamos que, para realizar uma prova que vale vaga em universidades era necessário um mínimo de competência que, no momento, não apresentamos. Nosso propósito era apenas simplificar as coisas para os candidatos, não submetendo-os ao massacre que os antigos vestibulares faziam.
Achávamos que seria a mesma coisa dos Enems de 1998 a 2008: simples e elementar de se fazer. Faltou-nos o juízo para julgar a dificultade da tarefa que estávamos dispostos a conduzir. Avaliamos mal a importância que seria dada às provas. Acreditávamos que, como nas demais obras federais, bastava fazer uma licitação e ninguém veria as falhas.
Gostaríamos que vocês soubessem que tudo o que fizemos foi com boa intenção. Até mesmo os pronunciamentos oficiais dizendo que "o ENEM correu na mais absoluta normalidade". Não entendíamos que o "normal" para nós não era o normal para os estudantes que ainda acreditam na educação e no valor de um diploma.
Estamos saindo fora e devolvendo a questão da seleção dos candidatos para as universidades. Foi uma ideia boa, mas infelizmente não estamos aptos a realizá-la. Quem sabe, no futuro, voltaremos com uma proposta melhor. Mas só depois de uma longa troca de ideias com professores e alunos e não com os técnicos que vivem em gabinetes esterilizados.
Saudações.

Texto: Ramon Lamar de Oliveira Junior

domingo, 7 de novembro de 2010

Vettel, Red Bull e Interlagos-2010

Sebastian Vettel venceu em Interlagos e a Red Bull foi campeã antecipada de construtores. A não inversão de posições entre Webber e Vettel foi vantajosa para Alonso e sua Ferrari (que pode ser campeão de pilotos graças aos jogos de equipe da Ferrari e a postura inversa da Red Bull). Para mim, ponto da Red Bull: melhor perder o campeonato do que perder o respeito.
A corrida foi sob forte sol. Na arquibancada nós molhamos na chuva de hoje e cozinhamos no sol de hoje. Bom demais!!!

Vettel recebendo a homenagem dos fiscais de pista. [Clique para ampliar]

Foto: Ramon Lamar de Oliveira Junior

sábado, 6 de novembro de 2010

ENEM 2010 - Inventando novos erros

O ENEM veio para não cometer os mesmos erros dos vestibulares!!!
Então inventou novos: proibição de lápis e borracha e... FOLHA DE RESPOSTAS fora da ordem do CADERNO DE PROVAS. Os caras são geniais, diga-se de passagem. E o melhor é a resposta pronta do presidente do INEP(to): 

"Tudo ocorreu de forma tranquila e a realização do exame foi um sucesso."

Pole fantástica em Interlagos-2010

O alemão Nico Hülkenberg, em situação de quase desempregado na F1, mostrou todo o seu talento neste sábado e conquistou a pole position no GP de Interlagos.

 Nico Hülkenberg [CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR]
 
Calouro da F1, Nico começou o ano bem atrás do decano Barrichello. Veio aprendendo muito durante o ano e agora mostra que tem potencial de verdade. Com uma volta fantástica de 1min14s470, o jovem alemão colocou um segundo e 49 milésimos de vantagem em relação ao segundo colocado, ninguém menos do que o Vettel. Só os números abaixo para darem a dimensão da façanha.

[Tabela de www.grandepremio.com.br]

Foto: Ramon Lamar de Oliveira Junior

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Eleição 2010 em Minas Gerais e Sete Lagoas

No mapa abaixo, quanto maior o tom de vermelho, maior o percentual que Dilma alcançou na votação. Quanto maior o tom de azul, maior o percentual de José Serra. Os dados de Sete Lagoas também se encontram em destaque.
Em Belo Horizonte: Dilma = 49,61% (651.989 votos) e José Serra = 50,39% (662.232 votos)


segunda-feira, 1 de novembro de 2010

O pátio da E.M. Luzia Barbosa

Estudei no Luzia Barbosa quando era ali, junto à Igreja Santana. Tia Heloísa, minha professora e Tia Celma, minha diretora. Celma virou amigona depois que trabalhamos juntos no antigo Promove e no Dom Silvério (aliás, virou cupida!). 
Pois bem, nesse final de semana fui ao novo Luzia Barbosa acompanhar um amigo votante. Ele havia me falado do calorão que fez lá no primeiro turno. O pátio parecia um deserto escaldante. Realmente! Não tem uma árvore no pátio. Há um gramado, umas pérgulas sem trepadeira e dois jardins de grama. Custava plantar ao menos duas quaresmeiras, uma no centro de cada gramado. E colocar uns banquinhos para as crianças, na sombra? É assim que querem que as crianças aprendam a gostar das árvores? Mostrando como elas fazem falta???
Ô gente, ajuda aí...

Pátio da E.M. Luzia Barbosa [CLIQUE NA FOTO PARA AMPLIAR]

Texto e foto: Ramon Lamar de Oliveira Junior

Lagoa da Boa Vista: mirantes ainda abandonados...

Comentei em 26 de junho (clique aqui), mas até hoje nada foi feito. Parece que é um tipo de monumento à incompetência. Disseram para quem ligou reclamando que a "prefeitura estava tentando conseguir o patrocínio de empresários para reformar os mirantes". Parece piada! A cidade-balneário de R$ 4.000.000.000,00 de PIB e R$ 18.000,00 de "renda per capita" não tem dinheiro para reformar os mirantes? Sugestão, aproveitem a madeira de 2 deles e reformem os outros. Isso chama-se "choque de gestão"!!! (risos frouxos)

Quem se habilita a caminhar aqui? [CLIQUE NA FOTO PARA AMPLIAR]

Foto: Ramon Lamar de Oliveira Junior