As opiniões emitidas neste blog, salvo aquelas que correspondem a citações, são de responsabilidade do autor do blog, em nada refletindo a opinião de instituições a que o autor do blog eventualmente pertença. Nossos links são verificados permanentemente e são considerados isentos de vírus. As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

terça-feira, 15 de março de 2011

Japão: fogo começa no reator 4.

"A Tokyo Electric Power Company confirmou que um incêndio no prédio do reator nº 4 da usina nuclear de Fukushima No.1. Os representantes da companhia, afirmaram em entrevista coletiva, que o fogo foi descoberto às 9:38, horário local, na terça-feira, perto da parte noroeste do 4º andar do prédio do reator."
Créditos: NHK World
Terça-feira 15 de março de 2011 - 11:48 (Horário do Japão)
(http://www3.nhk.or.jp/daily/english/15_27.html)

Dados recém atualizados da JAIF (Japan Atomic Industrial Forum, Inc):

[Clique na imagem para ampliar.] Observe que ainda não estão registrados os danos ao reator 4. Observe também a suspeita de dano na integridade da contenção do reator 2 e os severos danos à integrade do combustível (urânio) nos reatores 1 e 3. Agradeço ao Claret por ter enviado o link de acesso a esses dados.
Último relatório emitido: as coisas começam a complicar também nos reatores 5 e 6.
 No site da Folha de S.Paulo:
Nova explosão e incêndio em reatores da usina de Fukushima 1 aumentam alerta nuclear no Japão. Governo afirma que radiação do complexo nuclear é alta o suficiente para prejudicar a saúde da população nas áreas próximas à usina; alerta radioativo foi ampliado para um raio de 30 quilômetros.
A situação não anda nada boa em Fukushima. Notícia ruim atrás de notícia ruim. Está ficando difícil manter um otimismo em relação ao assunto. A melhor notícia que já chegou é a que se refere às providências de evacuação da população. No mais, estamos assistindo a medidas desesperadas para resolver um problema que antes era chamado de "improvável" e "quase impossível de acontecer". 
Infelizmente, não estou vendo a situação afastar-se do acontecido em Chernobyl, pelo contrário.
O povo japonês, mais uma vez, precisa das nossas preces.

Ramon Lamar de Oliveira Junior

2 comentários:

  1. Não poderia deixar de agradecer a você, ao Claret e ao Flávio pela oportunidade de participar desta aula.
    Deixarei hoje na sala, o endereço dos blogs para que os alunos também possam ter acesso ao NAD - Núcleo de Aprendizagem a Distância.
    rsrsrsrs....
    Valeu mesmo!

    ResponderExcluir
  2. Uia...
    e não é que Tia Alessandra tá virando piadista.
    Adorei o NAD!!!
    Abração!!!

    PS.: Escrevendo agora nova aula do Parque da Cascata

    ResponderExcluir

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.