As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Turismo: o Juquinha, na Serra do Cipó

A estátua do Juquinha em meio a paisagem rica em sempre-vivas.

"Juquinha da Serra era um andarilho que vivia na Serra do Cipó. Figura folclórica da região, ele acabou tornando-se um ponto turístico local. Era comum vê-lo trocando as suas flores e plantas colhidas por qualquer coisa que os visitantes traziam: de pequenos utensílios até um prato de comida.
A sua identificação com a Serra do Cipó era tal que em 1987, após a sua morte, prefeitos e população das cidades vizinhas resolveram homenageá-lo com uma estátua localizada em um dos pontos mais altos da paisagem.
A obra foi realizada pela artista Virgínia Ferreira e levou 8 meses para ser finalizada. Naturalmente, pela história, localização e perfil dos frequentadores, a estátua acabou ganhando contornos místicos."



A visita ao Juquinha tem outros atrativos, principalmente para os estudiosos de biologia, geografia e geologia. A diversidade e endemicidade de espécies dos campos rupestres mostra uma nova variedade de planta em cada local, flores, líquens, insetos, aracnídeos e outras espécies adaptadas ao clima da região. O aspecto das rochas revela dobramentos sofridos pelos terrenos no passado, bem como os efeitos da erosão sobre elas.

Regato próximo à estátua do Juquinha com águas cristalinas e grande diversidade de pequenas plantas e animais em suas margens.
Num dos pontos mais altos da Serra do Cipó, bem próximo à estátua do Juquinha. Observe as rochas que indicam os dobramentos do terreno e a presença de muitas gramíneas e líquens sobre as mesmas, além de velózias e sempre-vivas.
 Fotos: Ramon Lamar de Oliveira Junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para comentar, use o Google Chrome ou o Firefox. Só são aceitos comentários a partir de e-mails válidos. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.