As opiniões emitidas neste blog, salvo aquelas que correspondem a citações, são de responsabilidade do autor do blog, em nada refletindo a opinião de instituições a que o autor do blog eventualmente pertença. Nossos links são verificados permanentemente e são considerados isentos de vírus. As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

domingo, 20 de novembro de 2011

Do blog da CEMIG: Usina Solar Fotovoltaica em Sete Lagoas

Seguindo os princípios e valores estruturados na conduta sustentável que a Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig adota, será construída, em Minas Gerais, a Usina Experimental de Geração Solar Fotovoltaica, com capacidade de 3 MW, que equivale ao fornecimento de energia de aproximadamente mil residências. A implantação da usina foi viabilizada por um amplo projeto de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Cemig, que visa o estudo da tecnologia solar na geração de energia elétrica, em parceria com a empresa Solaria, fabricante espanhola de painéis fotovoltaicos, a Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig) e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).
O projeto da usina solar, que será construída em Sete Lagoas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, contará com investimentos da ordem de R$ 40 milhões, sendo cerca de R$ 25 milhões para a viabilização da usina solar. “Essa será a primeira instalação de energia solar fotovoltaica conectada à rede distribuição no estado e a segunda, no Brasil, a produzir energia solar em caráter comercial”, destaca o gerente de Alternativas Energéticas da Cemig, Marco Aurélio Dumont Porto.
O objetivo do projeto é desenvolver na Cemig o conhecimento necessário para tornar, no futuro, a geração de energia solar viável e benéfica para a Empresa, o setor elétrico brasileiro e a sociedade. “A Usina Experimental de Geração Solar Fotovoltaica é uma demonstração do empenho da Cemig em desenvolver tecnologias que prezem pela utilização de energia limpa”, reforça Marco Aurélio.
As obras para a construção da usina estão previstas para iniciarem em janeiro de 2012, e a conclusão, para abril de 2012. Assim que concluída a construção da planta, serão realizados estudos para analisar e diagnosticar o desempenho da usina e sua relação com o sistema de distribuição.
A usina será construída em um terreno de oito hectares, cedido pela Prefeitura de Sete Lagoas. O parque gerador contará com três unidades, uma de grande porte com capacidade de geração de 2,5 MW, a segunda de médio porte de 0,45 MW e a terceira equipada com modernas tecnologias para realização de estudos e pesquisas.
Segundo Marco Aurélio, Sete Lagoas foi escolhida por ter localização privilegiada próxima a Belo Horizonte e ao Aeroporto de Confins, além de apresentar um índice de radiação satisfatória e por concentrar ações do projeto Cidades do Futuro, por meio do qual a Cemig está testando a automação das redes de distribuição e modernização do sistema elétrico no âmbito da tecnologia smart grid (redes inteligentes). 
Comentário: A busca de energias alternativas é muito interessante, sem dúvida alguma, e merece nossos aplausos. Mas a notícia parece um pouco requentada. Ano passado, nessa mesma data, falava-se do início das obras para janeiro de 2011 (veja AQUI). Também fiquei com duas dúvidas: O terreno não era de 6 hectares (veja último parágrafo AQUI)? O terreno foi doado para a Solaria ou para Cemig?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.