As opiniões emitidas neste blog, salvo aquelas que correspondem a citações, são de responsabilidade do autor do blog, em nada refletindo a opinião de instituições a que o autor do blog eventualmente pertença. Nossos links são verificados permanentemente e são considerados isentos de vírus. As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Ocupação das calçadas da cidade

Quase excelente a matéria MÁ CONSERVAÇÃO E OCUPAÇÃO IRREGULAR DOS PASSEIOS ATRAPALHAM A VIDA DOS SETE-LAGOANOS, publicada no www.setelagoas.com.br (clique aqui para ler a íntegra). Nota 99,9.
Para ficar perfeita só faltou citar o nome das pessoas que insistem em usar do jeitinho para com seus amigos, correligionários e cabos eleitorais, ajudando a transformar a cidade em "cidade sem lei"  nessa área. Também seria exigir muito, a citação de tantos nomes, não é mesmo? Vai que algum fica de fora e depois ficaria chateado e tal...
Dá para entender a situação de quem trabalha contra essa maré de mal-feitos. Lembro da polêmica de um fiscal da Secretaria de Meio Ambiente em tentar autuar a colocação de faixas indevidas nas margens da Lagoa Paulino, da luta silenciosa do Secretário de Trânsito e da atuação do Secretário de Planejamento em prol do Departamento de Licenciamento de Obras. Resultado: ou os secretários caíram (e até secretarias foram extintas) ou perderam grande parte da sua autonomia. Que eu saiba (ou que tenha sido divulgado), nenhum deles fez nada de execrável e condenável. Nenhum deles deixou de trabalhar ou de agir (muitas vezes com pouquíssimos recursos e apoio). Mas...

É praça ou é estacionamento? O mundo inteiro já viu (a imagem acima é do Google Street View), mas a fiscalização ou o bom senso ainda não atravessou a rua em direção ao prédio da prefeitura. E lá vem o pedestre, andando na rua, evitando os carros estacionados na calçada.
Eu aproveito para perguntar do FAIXA AZUL (estacionamento rotativo). Será que ele morreu por conta de tantos estacionamentos irregulares na praça da Prefeitura? Ah... não... espera aí. Lá não era local de cobrança do FAIXA AZUL (nem imagino o motivo). Cadê ele? Que fim levou?
Vai um grande abraço para o Felipe Castanheira, que assina a matéria.

Ramon Lamar de Oliveira Junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.