As opiniões emitidas neste blog, salvo aquelas que correspondem a citações, são de responsabilidade do autor do blog, em nada refletindo a opinião de instituições a que o autor do blog eventualmente pertença. Nossos links são verificados permanentemente e são considerados isentos de vírus. As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Lagoa da Chácara em duas entrevistas.

Hoje, faltando 2 dias para a audiência pública que poderá decidir o destino da única grande área verde dentro da área urbana de Sete Lagoas, duas entrevistas agitaram o rádio, quase simultaneamente.
Na Rádio Cultura, seis integrantes da ONG IMMAC (Instituto Municipal de Meio Ambiente e Cultura) foram entrevistados pelo João Carlos. Excelente a entrevista. Fui convidado a participar mas meus compromissos na parte da manhã não permitiram que eu confirmasse a participação. Sinceramente, a fala do grupo foi coesa, simples e direta. Não fiz falta mesmo. Ouvi a entrevista inteira e só tenho aplausos para os colegas e a causa que defendemos. E também para o João Carlos, que abriu os microfones para a população conhecer a questão.

Shopping Center e região da Fazenda Arizona, vistos da área do Parque da Cascata na Serra de Santa Helena. A grande área verde dará origem (pelo projeto da EPO EMPREENDIMENTOS) a mais de 600 lotes. Observem o tamanho das árvores. Não é um "cerradinho ralo" (clique na imagem para ampliar). Não é um pasto. É área verde da melhor qualidade e impacto positivo para o ambiente. A tal área verde está marcada para ser substituída pelos lotes do "Condomínio 1" na imagem do empreendimento proposto: clique aqui para ver o mapa do empreendimento.
Mudo o dial para a Rádio Eldorado, programa Frente a Frente do Gamela. O Flávio de Castro (Secretário de Planejamento) estava divulgando seu posicionamento a respeito da questão do empreendimento na área da Lagoa da Chácara. Um arquiteto urbanista, intelectual e sensível ao desenvolvimento sustentável, não poderia trilhar um caminho muito diferente do caminho que segue o movimento ambiental, pela legalidade e pela preservação da qualidade de vida. Flávio ainda vislumbra a possibilidade de uma ocupação negociada da área, contudo sabemos todos que a área é muito complicada do ponto de vista biológico, ambiental, hidrológico e geológico. Enviei um abração para o Flávio e para o Gamela e fui convidado pelo radialista para participar de um programa futuro para falar sobre a questão da área. Gamela, estamos aí. Infelizmente, ou felizmente, terá que ficar para depois da Audiência Pública sobre o tema. De qualquer maneira, será muito produtivo. Não se esqueça de convidar aí em seu programa, como convido aqui no blog, a participação da comunidade setelagoana na Audiência Pública - próxima quinta-feira (22 de fevereiro de 2011), no auditório da UNIFEMM, às 19 horas.

Foto e texto: Ramon Lamar de Oliveira Junior

Um comentário:

  1. Olá Ramon,

    Apresentei algo sobre o assunto para fomento do debate na audiencia pública na matéria: "Lagoa da Chácara e economia verde"
    http://www.leandroviana.net/2011/02/lagoa-da-chacara-e-economia-verde.html
    abraços

    ResponderExcluir

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.