As opiniões emitidas neste blog, salvo aquelas que correspondem a citações, são de responsabilidade do autor do blog, em nada refletindo a opinião de instituições a que o autor do blog eventualmente pertença. Nossos links são verificados permanentemente e são considerados isentos de vírus. As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

domingo, 23 de janeiro de 2011

Rua Abaeté, Sete Lagoas, Minas Gerais: uma be-le-zu-ra de serviço.

Servição o SAAE conseguiu fazer no quarteirão da Rua Abaeté entre as ruas Santa Catarina e Ario Maro. Alguns moradores pediram que eu fosse lá conferir um pouco da capacidade técnica do SAAE em destruir uma rua e não arrumar. Hoje já são contados 12 dias do início da obra. Nesses dias desceu esgoto, choveu, desceu mais esgoto, fedeu, fez barro... o pessoal chegava na esquina da Santa Catarina para se assustar com o estrago. E nem é por causa de falta de asfalto dessa vez, pois a rua é de calçamento. 

[Clique para ampliar]
Parece que as manilhas da rede de esgoto (manilhas antigas) cederam. O SAAE foi lá arrumar e conseguiu piorar a coisa. O trânsito pesado dos caminhões do próprio SAAE, assim contaram os moradores, acabou rompendo mais manilhas. Uma caixa diluidora de uma moradora foi arrancada, o buraco está na frente da casa dela e a caixa também, sobre a rua, estacionada. Trincas apareceram em casas. Uma garagem, ao menos, terá que ser demolida. Prejuízo para todos. Esperança de entrar na justiça e diminuir o prejuízo ninguém tem. Acham que nem compensa. Já é o terceiro caso nos últimos mesmes em que escuto a mesma conversa, o mesmo desânimo.
Mesmo a chuva dando um tempinho, nada de arrumar. 
Vamos ver. 
Quem sabe amanhã, né?

Observação 1: Será que aquela falta de água nas ruas, denunciada também aqui e no setelagoas.com.br não seria por causa de algum rompimento nesse quarteirão?
Observação2: Algumas ruas da cidade não toleram trânsito pesado, mas as placas "proibido trânsito de caminhões" nunca são respeitadas. Aliás, costumam ser arrancadas... adivinha por quem. Na rua João do Vale, paralela à Abaeté, era e ainda é assim. Depois as ruas afundam e ninguém sabe o motivo.
Observação3: É esse tipo de trabalho mal executado que faz a população querer a COPASA. Não adianta o presidente do SAAE falar que a autarquia consegue se manter e apresentar um serviço desse naipe. Falei com o pessoal que, com a COPASA, o estrago seria o mesmo. A diferença é que com o SAAE a gente pode gritar e espernear, às vezes nos escutam, noutras vezes apenas acenam e sorriem. Pelo menos sabemos que dentro do SAAE temos muitos funcionários gente-boa e que trabalham direito. Acredito que o serviço da COPASA seria mais ou menos semelhante ao da ViaSolo - reclamar com quem?

Texto e foto: Ramon Lamar de Oliveira Junior

Um comentário:

  1. Quase todas as ruas dos bairros Boa Vista, São Geraldo, São José, Progresso e outros mais antigos que foram os primeiros a ter redes de esgoto e água estão em péssimo estado, pois ficaram velhos e portanto estão se deteriorando. Outra coisa se deve considerar as redes eram escavadas a mão por bravos e valorosos trabalhadores braçais, pois não tinha máquinas na época, então a profundidades não era muito. Agora, ao invés de ajudar a conservar ou pelo menos trocar as redes o SAAE faz uma m.... dessa. Quanto à sinalização a única pessoa que mandava cobrar e olhava aqui na cidade foi o capitão Aguiar, hoje tenente coronel se não me engano, comandante da PRE em Curvelo. Quando eu estava tentando arrumar o transito da cidade, inclusive sem placas, verbas e equipe de trabalho, ele me ligava, ou sempre mandava BOs. para consertar essas placas e quando sumiam (pq. as pessoas furtam) nós ficávamos possessos. Mas estes bairros acima não poderiam ter transito pesado de jeito nenhum e se conseguissem acho que dariam uma solução igual para o centro que está pior tanto em redes como no transito, sem secretário, sem secretaria e nenhuma providencia com 12 milhões de IPVA na mão e nenhuma rua recapeada.
    Esta é a Sete Lagoas que não gostaríamos de deixar para nossos netos!

    ResponderExcluir

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.