As opiniões emitidas neste blog, salvo aquelas que correspondem a citações, são de responsabilidade do autor do blog, em nada refletindo a opinião de instituições a que o autor do blog eventualmente pertença. Nossos links são verificados permanentemente e são considerados isentos de vírus. As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Por que caem as árvores? (1)

Árvores não deveriam cair com tanta facilidade nas ruas e praças das cidades. Vamos abordar neste tópico e em outros quais as possíveis causas de tais incidentes.
Hoje iremos nos concentrar na questão das raízes, um aspecto muito negligenciado na explicação sobre tais quedas. Primeiro um pouco de biologia das raízes para depois entendermos a realidade do plantio de árvores.
A maior parte da arborização urbana é feita com dicotiledôneas (árvores com tronco que sustenta uma copa). As monocotiledôneas usadas quase que exclusivamente restringem-se às palmeiras de diversas espécies. Dicotiledôneas e monocotiledôneas distinguem-se por vários aspectos, sendo um deles a estrutura de suas raízes. Dicotiledôneas possuem uma raiz principal (pivô ou pião) que pode aprofundar-se muito no solo (às vezes com uma profundidade semelhante à altura da árvore, ou pelo menos até encontrar o lençol freático), tal tipo de raiz é chamada de axial ou pivotante e fornece excelente fixação da planta no solo. Monocotiledôneas não possuem raiz principal e formam, na verdade, uma espécie de "touceira" de raízes mais superficiais (raízes fasciculadas ou "em cabeleira") o que explica o tombamento de coqueiros e palmeiras que atingem grande altura e sofrem forte ação de ventos (em especial se se encontrarem próximas a barrancou ou taludes, onde a fixação ao solo é menor ainda).

Desenho esquemático mostrando a diferença entre raízes de dicotiledôneas (árvores) e monocotiledôneas (palmeiras). [Modificado a partir de: www.cursojuecesnacionalesgardenuruguay.com]
O plantio de árvores em cidades, já há algumas décadas, entra em colisão com a depredação das mudas feita, em geral, por atos de puro e simples vandalismo. Para minimizar a perda de mudas, sugere-se sempre que as mesmas sejam plantadas já com 2 metros de altura ou mais. A consequência disso é que as mudas, normalmente encerradas em sacos plásticos de no máximo 30 centímetros de profundidade, sofrem desbaste em suas raízes perdendo grande parte da raiz principal e das raízes de segunda ordem. Não tendo mais a raiz principal, ocorre uma tendência ao crescimento lateral de raízes... e uma raiz originalmente pivotante (com grande poder de fixação ao solo) transforma-se em raiz fasciculada.
Junte-se a isso o fato das covas para plantio não serem feitas - na maioria das vezes - com o tamanho adequado. Sugere-se, no mínimo, uma cova em forma de cubo com 60 centímetros de arestas (60 x 60 x 60). Assim as raízes têm mais chance de crescer para os lados e para baixo, garantindo uma melhor fixação ao solo. Em geral as covas são feitas apenas para acolher a muda, ou seja, com as mesmas dimensões do saco da muda, o que agrava ainda mais a condição de saúde das raízes.

Mudas para plantio (observem o exíguo espaço para as raízes) e "fascicularização" das raízes de uma dicotiledônea que perdeu a raiz principal: sustentação comprometida. [Imagens modificadas a partir de: www.portalsaofrancisco.com.br e http://iemais.com.br]
 Observem algumas imagens de quedas de árvores e tirem suas próprias conclusões: 



Futuramente abordaremos outros fatores que podem provocar a queda das árvores.
Ramon Lamar de Oliveira Junior

5 comentários:

  1. Um fator interessante é o despreparo dos fornecedores de mudas de árvores específicas para arborização de calçadas. Estas devem ser produzidas (engordadas) em embalagens de no mínimo 40 litros para um bom desenvolvimento radicular e plantadas em "berços" de 60X120X60 cm,com substrato rico. Os 2 primeiros anos da muda se desenvolvem neste espaço, devendo ser feita uma manutenção com os tratos fitotécnicos corretos, como podas de condução, limpeza e formação, aerações,controle de pragas,adubações e regas. Não se pratica estas técnicas devido ao alto valor agregado nos contratos das prestadoras de serviços.Não se considera custo benefício. O famoso meia-boca. Árvore (espécie e porte)certa no local certo. Quem sabe um dia...

    ResponderExcluir
  2. As mudas para arborização, principalmente nas calçadas,devem ser cultivadas diferentemente de mudas para sítios e áreas permeáveis,que são livres para seu desenvolvimento natural. O berço ou "cova" para o plantio em calçadas deve possuir pelo menos as medidas 60X120X60 cm,com substrato rico e adubado, pois considerando que nos próximos 2 anos, a muda e suas raízes ainda não se desenvolveram fora deste volume e área. Embalagens de no minimo 40 litros (torrão) seria o ideal para este tipo de plantio. E as manutenções durante este próximos 2 anos, como podas de formação, limpeza e condução, aerações, adubações e regas. Práticas fitotécnicas que não são realizadas pelos responsáveis devido ao seu alto custo agregado. Ou seja: "meia-boca não funciona". Árvore (éspecie e porte) certa para o local certo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiz,
      muito obrigado pela visita e pela colaboração.
      Sonhar não custa nada, né? A opção pela boa arborização urbana é praticamente inexistente. Enquanto prevalecer o amadorismo, não chegaremos a nada.
      Abraços.

      Excluir
  3. Muito bom, adorei essas informações! O meu pai plantou uma arvore (que da qual eu ainda nao descobri o nome) muito perto da casa. Agora eu estou preocupada, sera que essa raiz vai atrapalhar a estrutura? Pra piorar eu gostaria de deixar a arvore pois foi a ultima que meu pai plantou antes de falecer :( Ela é parecida com a "Chapéu de praia" com muita folha e frutos eu podo os ramos e pouco tempo depois ja esta tudo cheio de folhas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem como mandar uma foto da árvore e de sua localização em relação à casa?

      Excluir

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.