As opiniões emitidas neste blog, salvo aquelas que correspondem a citações, são de responsabilidade do autor do blog, em nada refletindo a opinião de instituições a que o autor do blog eventualmente pertença. Nossos links são verificados permanentemente e são considerados isentos de vírus. As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

sexta-feira, 6 de maio de 2011

O SAAE (?), a SDET, a horta comunitária e a Lagoa do Matadouro

O setelagoas.com.br publicou (clique aqui) matéria sobre a ocorrência de problemas na bomba do SAAE que fornece a água para a irrigaçao da horta comunitária. Sem o sistema principal, as 84 famílias que dependem da água estão utilizando uma bomba reserva, pagando a gasolina do próprio bolso e retirando água da Lagoa do Vapabuçu (Lagoa do Matadouro), uma dos nossos "7 lagos encantados".
O problema do combustível parece ter sido resolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SDET) que providenciará o combustível ATÉ QUE O SAAE CONSERTE A BOMBA DEFEITUOSA
Esse é o problema!!! 

Imagem publicada no www.setelagoas.com.br (crédito da imagem: Rodrigo Viana)
A Lagoa do Matadouro é uma das menos conhecidas da população, e por isso mesmo encontra-se num estado que caminha para um brejo. Com a retirada da água (ATÉ QUANDO?), a lagoa corre o risco de sofrer um impacto decisivo em seu destino. 

Fotomontagem para visualização da situação da Lagoa do Matadouro (no período de chvuas!). Fotomontagem feita a partir de fotos obtidas por Ramon Lamar de Oliveira Junior
A situação da Lagoa do Brejão (diversas vezes relatada aqui no blog) mostra a "rapidez" do SAAE em resolver problemas desse tipo.
Peço encarecidamente ao Secretário de Meio Ambiente e ao Ministério Público que intervenham na questão cobrando agilidade do SAAE e evitando que as famílias e a lagoa sejam predudicadas.

Ramon Lamar de Oliveira Junior

PS.: Com as informações do Rodrigo Viana Leal, alterei o título do post. Vejam as ponderações dele nos comentários. Valeu, Rodrigo!

2 comentários:

  1. Ramon,

    Neste caso, por incrível que pareça, a resposabilidade não é do SAAE! Toda a gestão, incluindo a irrigação, é do Departamento de Agropecuária e Abastecimento da Secretaria de Desenvolvimento Economico!

    ResponderExcluir
  2. Estranho então que o nome do SAAE tenha vindo parar na matéria do jornal. Há, então, um poço artesiano no local cuja responsabilidade não é do SAAE? É isso?

    ResponderExcluir

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.