As opiniões emitidas neste blog, salvo aquelas que correspondem a citações, são de responsabilidade do autor do blog, em nada refletindo a opinião de instituições a que o autor do blog eventualmente pertença. Nossos links são verificados permanentemente e são considerados isentos de vírus. As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Estudo Hidrogeológico

Capturei o texto abaixo (mais o link) do Jornal Sete Dias, edição on line.

(CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR)

O estudo hidrogeológico é uma necessidade para o desenvolvimento de Sete Lagoas e um pedido antigo de todos aqueles que estudam a questão. Não podemos continuar enxugando o subsolo, lançando poluentes ou construindo em cima de quais rochas não sabemos.
Contudo, fica uma pergunta e eu gostaria que aqueles mais esclarecidos do que eu nesses meandros das licitações, concorrências e tomadas de preço me esclarecessem:

- Se o Termo de Compromisso Ambiental (TCA) que determinou a realização do Estudo Hidrogeológico já cita que o estudo está orçado em R$ 600 mil, como funciona a Tomada de Preços? Será uma Tomada de Preços ou a comparação das técnicas, resultados e análises?

Desde já agradeço os esclarecimentos.

Ramon Lamar de Oliveira Junior

4 comentários:

  1. Professor Ramon, boa tarde.

    Publicamos o edital que também está disponível no site da Prefeitura de Sete Lagoas.

    Gratos,
    Sayonara Teixeira e Pablo Pacheco
    Comunicação do SAAE

    Elaboração E Execução De Estudo Hidrogeológico
    SAAE-SETE LAGOAS/MG – EDITAL DE TOMADA DE PEÇOS Nº 004/2010, torna público aos interessados, em cumprimento ao que determina a Lei Federal nº. 8.666/1993, que realizará Licitação Pública, na modalidade Tomada de Preços, tipo “menor preço total”, execução indireta sob o regime de empreitada por preços unitários, objetivando à contratação de empresa especializada em hidrogeologia para a elaboração e execução de Estudo Hidrogeológico no município de Sete Lagoas, com área de 537 Km², conforme planilha orçamentária e anexos que seguem no Edital da licitação. A visita técnica será no dia 26/10/2010 às 08:00 horas, e os envelopes contendo os documentos e as propostas comerciais das empresas interessadas deverão ser entregues até às 09:00 (nove) horas do dia 28 (vinte e oito) de outubro de 2010, prazo preclusivo do direito de participação, onde o início da abertura dos envelopes apresentados será às 09:10 (nove horas e dez minutos) na mesma data, no departamento de Licitações do SAAE, sito na Rua Gov. Milton Campos, 113 – Centro – Sete Lagoas/MG. O presente edital encontra-se disponibilizado na Internet no endereço eletrônico https://www.setelagoas.mg.gov.br para efeito de consulta e poderá ser impresso de acordo com as instruções contidas no referido endereço eletrônico, ou retirá-lo no endereço supra mencionado, de Segunda à Sexta-feira, nos horários de 08:00 às 11:00 horas e das 13:00 às 16:00 horas. Valor do Edital: R$10,00(dez reais). Informações: (31) 2106-0100 – Dot. Orçamentária: 2.18.1-18.544.0040.1117-44905100 Ficha: 1467.Leonardo Davince Goulart/Presidente da C.P.L.

    ResponderExcluir
  2. Amigos,
    continuo sem entender como funciona um edital de tomada de preços se, pelo que entendi, a obra está orçada em 600 mil reais.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Professor Ramon, a licitação destina-se a selecionar a proposta mais vantajosa para a conclusão do Estudo Hidrogeológico, de acordo com o estipulado no Edital Tomada de Preços Nº 004/2010 e seus anexos e nas normas contidas na Lei nº 8.078, de 11/09/90, Lei Complementar nº 123, de 14/12/2006, e subsidiariamente pela Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e suas alterações posteriores.

    Em resumo, vencerá a tomada de preços a empresa que apresentar valor menor do que R$ 1.495.140,00, desde que obedeça todas as regras licitatórias.

    O valor apresentado no edital é estimado e foi corrigido em release enviado à imprensa posteriormente à publicação do texto online do jornal Sete Dias.

    ResponderExcluir
  4. Muito bem, obrigado pelos esclarecimentos. Só fica uma ressalva, que diferença entre o valor estimado e o valor corrigido, hein? A que se deve tanta diferença?

    ResponderExcluir

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.