As opiniões emitidas neste blog, salvo aquelas que correspondem a citações, são de responsabilidade do autor do blog, em nada refletindo a opinião de instituições a que o autor do blog eventualmente pertença. Nossos links são verificados permanentemente e são considerados isentos de vírus. As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Estudo para a Avenida Castelo Branco (doado para a SEMMA)

Doamos para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, na manhã de ontem, o estudo para a reformulação paisagística da Avenida Marechal Castelo Branco, principal via de entrada/saída da cidade. Optamos por sugerir uma alteração de baixo custo sem interferências arquitetônicas, um paisagismo bastante clean, com a manutenção e recuperação das palmeiras imperiais. Para a rotatória do Boqueirão sugerimos a colocação de mais palmeiras licuri, de porte mais modesto.
A grande novidade (em se considerando nossa região, mas que já vem sendo executada com sucesso em várias cidades) é a substituição da grama (que mais parece mato) pela grama amendoim. Essa forração é bastante adaptada ao nosso clima (nativa do cerrado), não precisa de muita irrigação (só nas fases iniciais) e não precisa de poda (eliminando um problema em vias de trânsito intenso). A grama amendoim ainda tem uma floração discreta. 

A grama amendoim ou amendoim forrageiro. Link da imagem original (clique aqui).
Sugerimos a remoção de todos os arbustos do canteiro central e transferência dos mesmos para outras praças ou canteiros. O motivo é que ali eles não se adaptaram, fustigados pelo deslocamento de ar dos veículos.
Outras alterações são necessárias, em especial o afastamento de postes de iluminação próximo a BR-040, a redução ou eliminação dos retornos e conversões pelo canteiro central, a construção de uma rotatória na entrada do Bairro Jardim Universitário e a colocação de placas indicando a velocidade da via que em alguns trechos é de 40 km/h e em outros é de 60 km/h, nunca mais do que isso (já é assim, mas poucos sabem e quase ninguém respeita). Mas tais questões são de competência da Secretaria de Trânsito e da Secretaria de Obras.
O estudo (é curto, não se preocupem) pode ser lido clicando aqui.

Ramon Lamar de Oliveira Junior
Adriana Drummond
Regina Márcia Moura

8 comentários:

  1. Como vc mesmo disse Ramom, em qual outra cidade esse tipo de doação acontece?!

    Geralmente as prefeituras pagam e caro por um projeto desses.

    É extremamente nobre essa dedicação de vocês.
    Consultoria e projetos gratuitos.

    Nos resta observar se o poder público está dando o devido valor.

    Abraço e meus parabéns aos três.

    ResponderExcluir
  2. Certa vez, um professor me disse:
    "Se você não coloca preço, no projeto doado a órgãos públicos, eles engavetam..." Prof. Aristídes (INAP)...
    Também já doei projeto de paisagismo para duas praças, trabalhamos na época com 3 arquitetos(Vanessa Karan e João Torres) na praça do Jardim Arizona e por último (Júnia Villani) no projeto da Praça do Jardim Europa e até agora nada...O primeiro em 2006 e o último em 2009. ... sem comentário..............
    Tomara que agora, os olhares sejam outros...
    Abraços,
    Alê

    ResponderExcluir
  3. Bom, agora podemos colocar no blog que foi feita a doação. Assim a população fica sabendo e cobra. Não haverá como reclamar dos custos em relação a isso. Acho que é um novo mecanismo. Pode dar certo. Vamos aguarda...

    ResponderExcluir
  4. Professor
    Não entendo do assunto mas perguntas nunca são demais.
    Outro dia vi uma galha, ou folha, (não o nome certo)de palmeira arrebentar-se no chão da praça Dom Carmelo Mota, fiquei aliviado de não ter ninguém passando por debaixo da palmeira na hora. Se cai em cima de um carro então, é prejuízo certo. Essas palmeiras, sugeridas no belo belo projeto,são as mais adequadas para uma avenida tão movimentada? Como já disse não entendo nada do assunto só estou perguntando, como aluno mesmo...srsrsrsrs

    Um abraço
    Paulinho do Boi

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela doação

    São pessoas como vocês, que doam, é que alimentam esperança de que isso um dia muda...

    Um abraço

    ResponderExcluir
  6. Paulinho,
    manutenção é importante. Por isso que sempre falo em turmas de trabalho fixas para determinados pontos da cidade. Mutirão não resolve nada.
    Abração.

    ResponderExcluir
  7. Gostaria de parabenizar pela iniciativa e certamente terá grande repercussão.
    E já que é tempo de doação estou com uma ideia para uma área de 10.000 mts² localizada no Bairro Barreiro, este projeto contempla a construção de escola de nível médio, unidade de saúde, praça de esportes, jardins e entre outros... será q consigo a doação do projeto ou estudo com os nobres companheiros?

    ResponderExcluir
  8. Ramon e companheiras do projeto,

    espero que os politicos setelagoanos tomem boa nota do projeto que voces doaram. Fico impressionado com a generosidade de voces e consternado com os casos anteriores que a Alessandra comenta. Espero que desta vez, a coisa funcione e que deem valor a gente da terra.

    Um abraço,

    ResponderExcluir

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.