As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

ILUMINAÇÃO DE NATAL 2012: MELHOROU 95%

"Fazendo valer o ditado popular a prefeitura de Sete Lagoas inicia, nesta terça-feira (11), a instalação da iluminação de Natal na cidade. Em até uma semana 30 técnicos de empreiteiras da Companhia Energética de Minas Gerais, CEMIG, vão iluminar quatro pontos da cidade. Serão colocadas 177.600 micro lâmpadas, além de outros acessórios como estrelas e guirlandas, que anunciam o período natalino e a chegada do Papai Noel, no dia 25." (in setelagoas.com.br - clique AQUI)
Minha preocupação com a instalação a iluminação de Natal era a repetição dos erros cometidos em 2011 quando as palmeiras imperiais da orla da Lagoa Paulino foram perfuradas por pregos e grampos (veja em http://ramonlamar.blogspot.com.br/2011/11/palmeiras-imperiais-pragas-e-cemig.html).


"Art. 49. Destruir, danificar, lesar ou maltratar, por qualquer modo ou meio, plantas de ornamentação de logradouros públicos ou em propriedade privada alheia.
Pena - detenção, de três meses a um ano, ou multa, ou ambas as penas cumulativamente." (Lei de Crimes Ambientais)

Conforme registrado no final da postagem supracitada, as imagens do desastre foram enviadas para a CEMIG que prontamente atendeu à minha preocupação e procurou orientar melhor as empresas que fazem o serviço de iluminação natalina. Ficou quase 100%. Infelizmente, novamente em algumas palmeiras imperiais da Praça do CAT (Praça Wilson Tanure) foram usados pregos para afixar a iluminação natalina. 
Acabo de enviar as novas imagens para a CEMIG. Espero que no próximo ano, o meio ambiente não seja agredido de novo. Melhorou, mas pode ficar perfeito.

Seguem as imagens:



Boas práticas: as três fotos acima mostram a iluminação corretamente afixada com fitas e amarrações.



Práticas inadequadas: nas três fotos acima observamos o uso de pregos nas palmeiras imperiais. Os pregos estão afixados bem no alto das palmeiras, mas não distantes o suficiente do zoom da máquina fotográfica. Quem não entende o problema do uso de pregos, leia o link postado mais acima (do ano anterior) onde explico o problema das doenças que afetam as palmeiras feridas.
Fotos: Ramon Lamar de Oliveira Junior

PS.: Tentarei postar uma imagem noturna da iluminação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.