As opiniões emitidas neste blog, salvo aquelas que correspondem a citações, são de responsabilidade do autor do blog, em nada refletindo a opinião de instituições a que o autor do blog eventualmente pertença. Nossos links são verificados permanentemente e são considerados isentos de vírus. As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

domingo, 20 de maio de 2012

A eutrofização na Lagoa Paulino

Para quem não sabe o que é eutrofização, basta ler clicando AQUI.

As imagens seguintes mostram como a eutrofização ainda é um sério problema da Lagoa Paulino. Com causas múltiplas que vão desde a chegada de esgoto doméstico pela rede pluvial, até o grande acúmulo de sedimentos no fundo constantemente remexidos pelas carpas, a solução não é simples: esvaziar a lagoa, remover grande parte do sedimento, realizar um peixamento com espécies nativas e acabar de vez com o aporte de esgoto. Quem terá coragem (e recursos)?


Fotos (20/05/2012): Ramon Lamar de Oliveira Junior

PS.: O legal é ver os caras tirando exatamente essa água aí da beirada para lavar os carros. Ontem vi carrões sendo "lavados". Sugiro que levem uma garrafinha com álcool em gel para limpar o volante e o painel. Coliformes fecais estão disputando cada milímetro da lagoa, e os vírus da Hepatite A só observando...

2 comentários:

  1. O perigo vai mais além... E a "fonte" que espalha por todo o ar estes germes? De repente, caminha-se a na Lagoa Paulino para obter-se uma vida mais saudável. Quando pensa que não: engole-se/ inala-se de maneira involuntária essa água! Volta mais magro e com hepatite!

    ResponderExcluir
  2. Aquela fonte acaba não cumprindo seu papel original de oxigenar a água. Quando, na década de 80, meu pai era Diretor de Operações do SAAE, ele me perguntou o que fazer para melhorar a oxigenação da água das lagoas Paulino, Boa Vista e Catarina. Sugeri que água limpa (derivação dos poços artesianos) fosse jogada em esguichos dentro das lagoas. Foi feito. Consultoria gratuita, como faço sempre aqui no blog. O problema das três lagoas diminuiu bastante e era o que mantinha o nível da Catarina.
    Essa fonte da Paulino deve provocar uma perda de uns 30% da água que joga para cima por evaporação e ainda o spray atinge os passantes podendo sim originar problemas. O ideal, e sobraria grana da que gastaram, seria um esguicho inclinado, como no Parque Ibirapuera, em São Paulo. (ver http://www.espacoturismo.com/blog/wp-content/uploads/2012/03/Parque-Ibirapuera.jpg)
    O problema é que quiseram imitar a fonte Jet d'Eau, na Suiça. (ver http://f.i.uol.com.br/folha/turismo/images/11262401.jpeg). É verdade, para quem se lembra o discurso era esse... uma fonte igual a da Suiça.

    ResponderExcluir

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.