As opiniões emitidas neste blog, salvo aquelas que correspondem a citações, são de responsabilidade do autor do blog, em nada refletindo a opinião de instituições a que o autor do blog eventualmente pertença. Nossos links são verificados permanentemente e são considerados isentos de vírus. As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

quarta-feira, 13 de junho de 2012

E o diálogo subiu no telhado...

Conversas em alto nível feitas no dia 02 de junho, tornaram-se ações de falta de bom senso por parte dos "empreendedores" do bulevarsantahelena na forma de panfletagens na Audiência Pública sobre a APA da Serra de Santa Helena, panfletagens nas casas e matérias pagas nos jornais locais com o projeto "antigo" do bulevarsantahelena. Os diálogos seguintes foram travados nas redes sociais, seja na forma de mensagens públicas ou particulares. Como acredito que erros feitos em público merecem desculpas também em público, e não em particular (e as mesmas não vieram), posto as conversas abaixo (grifos por minha conta):

PRIMEIRO ATO: CHATEADO É POUCO!
Flávio Araújo (9 de junho):
Ramon, Conversei com o Busu hoje e ele me disse que você está chateado com a divulgação do empreendimento na mídia. Eu concordei com a sugestão da EPO quanto a esta comunicação. Fizemos isto pois notamos que o que gira em torno do projeto é muita desinformação, inverdade e preconceito. Precísávamos passar algumas informações. Você me entende? Este foi o motivo. Como conversamos você já sabe que todas as modificações feitas são para valer. Também já passei para o pessoal aquela sua idéia e a acredito que será aprovada. As imagens divulgadas realmente ainda não contemplam todas estas mudanças. Um erro! Mas Ramon eu vi o folheto, e as imagens são apenas para passar uma idéia geral, não entrar no detalhe profundo que só nós sabemos. Mas mesmo assim comemos mosca, o ideal era a imagem revisada. Você está por aqui. Quero falar com voce. Tentei te ligar de manhã e não consegui.

SEGUNDO ATO: "AS INVERDADES"
Então leia lá minha lista de inverdades.
Idéia geral de coisas erradas.
Estou cansado de erros propositais como esse.
Não é assim que se constrói entendimentos.

TERCEIRO ATO: Publiquei no Facebook e no blog (9 de junho)
* Agora virou ofensiva de matérias pagas sobre o Boulevard Santa Helena nos jornais locais. Todos endeusam o empreendimento. Não estão vendo defeitos? Vou listar alguns. Afinal de contas parece que não vai sair outro projeto coisíssima nenhuma. Para que gastar dinheiro (e também papel e tinta) mostrando o projeto antigo?
* O PARQUE DA SERRA DE SANTA HELENA, de 1,7 milhão de metros quadrados é a encosta da serra. Área de Preservação Permanente, APP, portanto não é favor algum preservá-la, é obrigação por lei.
* A ÁREA INSTITUCIONAL (áreas da prefeitura dentro do empreendimento, mas que são destinadas para implantação de equipamentos públicos, tais como hospitais e escolas) está na encosta da serra, portanto na APP e parte dela, ao lado da perimetral encontra-se sobre terreno geologicamente instável. Aí, no futuro, pode-se "desafetar" a área institucional e tome lote na encosta da serra. Nunca se sabe com a Câmara-a-jato, não é mesmo?
* O que se chama de "Corredor Ecológico" é apenas a preservação da APP do Córrego do Diogo (obrigatório por lei). Corredor ecológico é uma faixa de vegetação que liga grandes fragmentos florestais ou unidades de conservação proporcionando à fauna o livre trânsito entre as áreas protegidas e, consequentemente, a troca genética entre as espécies. Aquele "corredor" ali está ligando quais unidades de conservação?
* As áreas comerciais e áreas residenciais abaixo da perimetral estão em áreas sensíveis onde a água aflora a 1,5 metros de profundidade, como foi falado por populares que moram na área e se manifestaram na Audiência do Parque Estadual.
* Sem áreas institucionais utilizáveis, onde ficarão hospitais (ou postos de saúde), escolas, bases policiais? Ou ninguém lá precisará de atendimento, estudo ou proteção? Ah... para isso podemos usar o centro da cidade ou mesmo Belo Horizonte, não é mesmo?
* A área residencial próxima ao Shopping encontra-se sobre um cerradão bem preservado com inúmeras espécies nativas e imunes de corte.
* As duas áreas residenciais acima da perimetral (e a abaixo também) encontram-se sobre as principais áreas de recarga do aquífero na região. Impermeabilização ou lançamento de águas contaminadas pela atividade humana nessas áreas sensíveis poderá diminuir a recarga ou contaminar os lençóis.
* Os resultados dos estudos de Geotecnia, Hidrogeologia, Eletrorresistividade e Arqueologia/Espeleologia já estão à disposição de todos os interessados? Será que todos poderão ver onde estão as áreas sensíveis do subsolo? Será que a área do cerradão também vai ser analisada nos estudos de eletroressistividade?
* "Passagens projetadas para animais fazerem a travessia das vias em total segurança, em passeios e vegetados e arborizados." Por lá transitam animais como lobos guará e jaguatiricas, sabiam?
* "Está sendo terminada a primeira versão revisada do projeto do Boulevard Santa Helena." Mas está sendo divulgada maciçamente a versão antiga. Será que todos os aspectos levantados acima serão corrigidos? Ou são "inverdades"?
* Ah, antes que eu me esqueça, onde está o curso d'água do "Chuveirinho"?
* O "novo projeto" tem que contemplar e resolver todas essas dúvidas. Matéria paga, capa de jornal, não resolvem os problemas. Estamos aguardando, mas não estamos vendo sinalização positiva por parte do empreendimento. Afinal de contas, era de se esperar o "novo projeto" e não essa ofensiva nos jornais e panfletagem com esse projeto "antigo" até na Audiência Pública. Lamentável!!!

QUARTO ATO: O "NÃO ENTENDI"
Flávio Araújo (9 de junho): 
Ramon, não estou entendendo todo estes seus comentários. Vamos conversar. Acho que este embate não leva a nada. Todos vamos perder. Vamos descansar hoje e amanhã todos de cabeça mais fria eu vou te ligar. Da para ter o entendimento. Nosso projeto é honesto, você sabe disto, e não deixe uma imagem sem as revisões já ocorridas no projeto que foi publicada hoje desmoronar todas as boas conversas que tivemos. Vamos acalmar. Te ligo na segunda para esclarecer este mal entendido do folder. Abcs.

Como diz o folder: "os empreendedores não pouparam recursos para contratar os mais respeitados e renomados especialistas para o desenvolvimento do Boulevard Santa Helena". Mas parece que eles estão meio sem tempo para fazer um desenho novo que contemple todos os problemas levantados desde fevereiro de 2011!!! Podiam fazer também um desenho em perspectiva mostrando o Parque da Serra localizado na encosta (APP) e as Áreas Institucionais idem. Aliás, no Sete Dias, saiu como "Matas Institucionais". Alguns renomados especialistas poderiam ler as publicações antes, né?
Que tal encartar essa imagem no próximo folder? Aí todos entenderão porque os "neoambientalistas" estão temerosos com o projeto. Seria uma boa maneira de esclarecer a população e dirimir algumas inverdades.
QUINTO ATO: EXPLICANDO A "CHATEAÇÃO"
Ramon Lamar (9 de junho):
Flávio,
é absolutamente inadmissível que esse projeto seja apresentado da forma que está sendo publicado nos jornais locais. Não há mal-entendido algum. Simplesmente vocês estão acionando o rolo-compressor. Você falou que o novo projeto seria publicado em breve no site. Aí, de repente, aparece esse folder do "velho projeto" e matérias em praticamente todos os jornais com a mesma imagem.
Eu é que não estou entendendo toda essa ofensiva. Como você disse na mensagem acima, a manutenção de tal imagem foi "um erro", um "comemos mosca", "o ideal era a imagem revisada". E se isso foi para esclarecer a opinião pública, não será com "inverdades" (para usar o mesmo eufemismo) que essa estratégia terá sucesso. Francamente, estou decepcionado. Não dava para esperar "a imagem revisada"?
Esse evento lembrou-me a promessa de se mostrar a imagem do projeto em outubro de 2010 e só fomos conhecer a deformidade em fevereiro de 2011.
Eu falei com você que seria muito complicado para mim fazer essa mediação, eu seria cobrado pelo aval que dei a você, e estou sendo cobrado. Falei com muita gente que poderiam confiar nas suas palavras, e agora estou sendo duramente criticado pois a ação (desde a panfletagem da Audiência) foi muito diferente do tom de nossa conversa. Confiei que vocês não dariam nenhum passo em falso para que tudo pudesse transcorrer às claras. E esse voto de confiança, agora, ficou seriamente abalado.
É para confiar ou terei mais surpresas desse tipo?
Tá difícil.
SEXTO ATO: ASSUMINDO O ERRO
Flávio Araújo (9 de junho): 
Ramon, entendi todas as suas colocações e tenho que concordar com todas elas. Realmente avaliei muito mal esta ação de divulgação do empreendimento, depois que você me coloca tudo isto. É tanta coisa, é tanta pressão, tantas conversas, tanta politicagem que uma hora a cabeça falha. Você não imagina a minha pressão agora que me tornei mediador entre Governo, EPO, Família, Sociedade, etc. Não foi esta a minha intenção. Posso te ligar amanhã, pois hoje, agora, depois de tudo isto, também estou chateado e não darei conta de conversar.Abcs

SÉTIMO ATO: AGUARDANDO
Ramon Lamar (9 de junho):
Obrigado. (Ainda estou aguardando a ligação... 13 de junho)


(PS1.: Desculpem os erros de português e de digitação...)
(PS2.: O texto está pronto, mas estou dando mais um tempo... inclusive esperando os jornais do próximo fim-de-semana... se vão falar mais do empreendimento, se vão falar da Audiência Pública sobre a APA da Serra de Santa Helena...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.