As opiniões emitidas neste blog, salvo aquelas que correspondem a citações, são de responsabilidade do autor do blog, em nada refletindo a opinião de instituições a que o autor do blog eventualmente pertença. Nossos links são verificados permanentemente e são considerados isentos de vírus. As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

sábado, 16 de fevereiro de 2013

TRAÇADO DE PRAÇAS - Regras simples desrespeitadas

Como fazer traçados para passagem das pessoas nas praças e como desrespeitá-los

Local: Avenida Norte-Sul no ponto em que encontra com a Antônio Olinto:
Estava assim...
Se fizessem as calçadas cortando a praça nos locais onde o pessoal passa já estaria ótimo...
... poderiam até fazer uma área aberta e pavimentada no meio para algum tipo de evento. (Fotos: Google Earth)
Linhas praticamente retas: uma moleza para traçar os caminhos (já traçados) dos pedestres e agradar a todo mundo! (Foto: Google Street View)
Mas não, contrariando tudo o que ensina o bom paisagismo das praças, resolveram - no final do ano passado, levantando um poeirão danado - fazer traçados curvos, não respeitando as passagens originalmente demarcadas pelos passantes e um palanque que nem cabe uma mini-banda de rock em cima. Tenha Santa Paciência!!!




Se obra bonita já não é cuidada pelos prefeitos seguintes, como ficará a situação desse monstrengo?
É difícil, né?

As 3 últimas fotos: Ramon L. O. Junior

4 comentários:

  1. Meu amigo,
    Apesar do projeto arquitetônico não ser meu, desenvolvi apenas o paisagístico (área verde), acompanhei de perto essa obra inacabada... Com recurso próprio, tudo é muito mais difícil... De maneira nenhuma querendo proteger a quem quer que seja, segue minha opinião: Quanto às curvas nos acessos, elas são importantíssimas já que uma praça/jardim deveria funcionar como local de contemplação e não apenas local de passagem... Sou a favor das curvas, pois, é por elas que pensamos e repensamos valores; a linha reta pode ser dura demais... Cabe ao homem urbano se dar esse tempo. E digo mais: pede-se urgência que isso ocorra, que o paisagismo possa ser o elo Homem/natureza... Torço por isso!!! Quanto ao traçado proposto pelos pedestres em terra nua... Alguns não puderam ser seguidos por se tratar de alta periculosidade, já que alguns se direcionavam (mais uma vez, pelo corre-corre da vida) para fora da “futura” faixa de pedestre ou para via de 4 pistas... Nesse quesito, penso que o que vale é o bom senso... Quanto ao palanque, confesso, também não entendi... Inicialmente pensei que pudesse ser uma estrutura para uma futura obra de arte, mesmo porque uma banda tocar no centro da cidade seria descabível seja pelo barulho ou pelo local onde está situado... Bom é isso!!! Tenho o desenho técnico do projeto arquitetônico e paisagístico comigo e se quiser conhecê-lo será um grande prazer recebê-lo. Abraços meu irmão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandra, não concordo com as linha curvas porque não guardam qualquer objetividade no caso em pauta. Como o paisagístico não saiu do papel (e nunca sai) as pessoas já estão refazendo os trajetos em linha reta (principalmente por trás do tal palanque). Acredito também que o local em foco não é, de forma alguma, um local de contemplação (pelo menos em seu estágio atual). As linhas retas são objetivas e apenas concordo com a questão do direcionamento das mesmas para as faixas de pedestre. Contudo, a travessia ali naqueles pontos é muito mais baseada no "sinal fechado" do que nas passagens de pedestres. Gostaria muito de conhecer o projeto paisagístico.
      Abraços, mirmã!!!

      Excluir
  2. Ainda vou te convencer das curvas rsrsrsrs...Bjo grande!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ser difícil... naquela praça em específico vai ser difícil... as retas foram muito desrespeitadas e a população já está traçando novas retas. Podemos fazer as curvas, mas suaves e não naquele formato. Beijão!

      Excluir

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.