As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Mutirão organizado nas redes sociais colabora na remoção do lixo da Lagoa Paulino

A gestação foi rápida: menos de uma semana! Diversas pessoas, de forma mais reservada, organizaram pelas redes sociais um movimento em prol da remoção do lixo acumulado na Lagoa Paulino. A prefeitura se antecipou e organizou uma limpeza na antevéspera do evento e também colocou para funcionar o barquinho de coleta de lixo.
Hoje, 24 de fevereiro de 2013, às 8 da manhã, várias pessoas compareceram para cumprir o combinado pela internet. Por diversas razões, sempre aparecem menos pessoas do que a quantidade que se manifesta online, mas as que comparecem surgem com motivação muito grande para realizar a tarefa. E não é uma tarefa fácil! Uma volta caminhando pela Lagoa Paulino que não demora mais de 25 minutos transforma-se numa maratona de mais de 3 horas fazendo o "pente fino" e coletando o lixo que invariavelmente é lançado na lagoa nas noites de sábado (e alguns de mais longa data).
No percurso, o apoio do barquinho, garis e caminhão de lixo da Vina, que levaou cerca de 10 sacos de lixo coletados pela turma. E o grande apoio da população que estava no local, sempre com comentários de apoio e ao mesmo tempo de crítica em relação às pessoas que atiram lixo no nosso maior cartão postal.
Por questão de preservação das pessoas que participaram do evento, algumas das imagens seguintes foram modificadas. Infelizmente, muita gente confunde o dever de cada cidadão em colaborar com a qualidade ambiental com "protesto político", "ecochatice", "confronto com o poder público", "puxa-saquismo do poder público" e vai por aí afora. Não é nada disso. Não foi nada disso. Deve ser muito amargo viver enxergando só extremos...
A principal reflexão é justamente provocar nas pessoas uma postura de mais respeito com nossos bens públicos, principalmente procurando despertar esse respeito na forma da boa educação de não se atirar lixo no chão, nos jardins ou nas nossas lagoas.
Entretanto, três aspectos não passaram desapercebidos e também foram registrados: a pesca clandestina, o esgoto que teima em cair na lagoa pelas galerias pluviais (principalmente na altura da rua Nestor Fóscolo) e o desabamento parcial das margens (na região próxima ao Banco do Brasil - CAT) que pode levar à queda de parte da calçada (como aconteceu dois anos atrás na Lagoa da Boa Vista e permanece sem solução até hoje).
No próximo domingo, o grupo rumará para a Lagoa da Boa Vista, concentrando-se às 8 horas da manhã próximo ao antigo restaurante Mirante para realizar o mesmo trabalho. Luvas, ancinhos, "peneiras" de limpeza de piscina, sacos de lixo e outros materiais devem ser levados por quem quiser participar. Cidadania e amor pelas nossas coisas se constrói assim.
Críticas a trabalhos desse tipo sempre haverá, mas criticar por criticar não é para os fortes.
Parabéns a todos que participaram e aos que apoiaram. 

Lixo dentro das "caixas de iluminação". Lugarzinho bom para criar mosquitos da dengue.
Em primeiro plano alguns dos sacos de lixo coletados em um quarto do trajeto... no final do pier algumas das pessoas que participaram da tarefa.
Criança que certamente será um adulto responsável em relação às questões de cidadania. Amigão, tenha orgulho do que fez e ensine aos seus colegas.
Lixo jogado nos jardins do entorno da lagoa.
Quase cumprindo o trajeto e ainda mais sacos de lixo. Nessa altura, o caminhão da Vina já havia recolhido duas levas de sacos de lixo coletado.
Outra criança aprendendo na prática o que tantas vezes escutam em sala de aula. Todos escutaram esse discurso na escola, mas quantos aprenderam? Essa amiga não esquecerá e agora já pode dar conselhos aos colegas e convidá-los para o próximo domingo na Lagoa da Boa Vista.
Um dos sacos onde foram coletados peixes mortos. Os caramujos em questão não são problemáticos, mas suas conchas vazias às margens da lagoa constituem em locais de proliferação do mosquito da dengue. Gente, até tampinha de garrafa com água é local para o mosquito reproduzir.
Esgoto caindo na Lagoa Paulino.
Esgoto caindo na Lagoa Paulino. Ao meu ver, o maior de todos os problemas. Pretendo publicar numa próxima postagem a explicação mais didática do ocorrido e o que pode ser feito a curto prazo para minimizar esse impacto. Já escrevi sobre isso várias vezes. Mas não custa tentar uma nova abordagem.
Pesca na Lagoa Paulino. Bem próxima ao local onde o esgoto cai na lagoa. Saudável?
As margens sofrendo desmoronamento. 
Nem a proteção dos blocos de pedra foi suficiente. Tal situação exige uma ação imediata.
Agradecimentos a todos que participaram, ao pessoal da Codesel que estava no barquinho e aos garis da Vina. Domingo que vem: Lagoa da Boa Vista, 8 horas da manhã.

Texto e fotos: Ramon Lamar de Oliveira Junior

4 comentários:

  1. O bacana disso tudo é ver pessoas, que amam Sete Lagoas, fazendo a diferença... Parabéns a todos os envolvidos, principalmente pela pacificidade e alegria, reveladas pelas fotos... Tenho certeza que hoje, a sensação de dever cumprido, deixará essa noite enluarada muito mais brilhante... Orgulho de vcs!!

    ResponderExcluir
  2. Legal demais Ramon Lamar! Com seus conhecimentos e informações nossa ação se torna mais forte.

    ResponderExcluir
  3. Bacana demais, Prof. Ramon! O que importa é que continuamos cumprindo nosso papel de verdadeiros cidadãos, colaborando na arrumação e limpeza da NOSSA CASA! Semana que vem tem mais! Abçs, Junia Villani

    ResponderExcluir
  4. Bacanérrimo! Parabéns Prof.Ramon! Eu fiquei "fora da rede" nesses últimos dias, e não vi sobre ação - de toda forma, eu tinha um compromisso no domingo. Mas no próximo domingo vou querer compor esse batalhão-simbolo de amor por essa cidade.

    ResponderExcluir

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.