As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

POLÊMICA NO ENEM 2016: ERROS DEMAIS NOS GABARITOS EXTRA-OFICIAIS (OU NO OFICIAL?)

O ENEM2016 foi um poço de polêmicas: invasões, fraudes, vazamento do tema de redação, uso de um tema de redação parecido com o de uma "prova fake" de 2015... e por aí vai. Então, vamos aproveitar e mudar o tempo verbal: foi ou é um poço de polêmicas? Passada a maior parte da discussão, faltando ainda a segunda e a terceira aplicações (PPL) uma coisa me chamou a atenção desde que os gabaritos extra-oficiais começaram a ser divulgados: discrepâncias. Depois vem a publicação do gabarito oficial e o que era provável se manifestou de forma inequívoca: erros demais, ou melhor, divergências demais. 
Abaixo, selecionei dois gabaritos extra-oficiais divulgados na internet por escolas consideradas ótimas, de renome nacional. Fixei nessas duas, que evidentemente não vou divulgar o nome, mas poderia ter escolhido outras versões de gabaritos ainda... com um número maior de divergências... contudo ligadas a sites e não a escolas físicas.

Clique nas imagens para ampliar.
Observem que, de acordo com os gabaritos da ESCOLA A e do MEC, há DUAS divergências no primeiro dia, ambas na prova de Ciências Humanas e suas tecnologias. E no segundo dia, de acordo com os gabaritos da ESCOLA B e do MEC, há OITO divergências, sete delas na prova de Linguagens e Códigos.
Desculpem, mas DEZ divergências eu acho muito e acho preocupante. E repito que, se eu tivesse escolhido outros gabaritos divulgados a divergência seria maior ainda (quem duvida é só pesquisar... é trabalhoso, mas dá para fazer).
O que está acontecendo? Se os professores, em grupo, estão tendo dificuldade de entrar em um consenso a respeito da resposta das questões do EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO (há controvérsias se alguns assuntos abordados são de ensino médio mesmo), como estaria então a situação dos alunos que não podem consultar nada ou ninguém durante a prova, não têm formação acadêmica e ainda têm o tempo contado e a responsabilidade de zelar pelo futuro profissional???
Abaixo, as dez questões sobre as quais pairaram as dúvidas acima. O tamanho de algumas delas talvez explique um pouco da dificuldade DOS ALUNOS em achar a resposta:











Ramon Lamar de Oliveira Junior

Um comentário:

  1. Prova de Linguagens foi absurda, absolutamente nada a ver com todas as provas anteriores. A ambiguidade dos itens não é compatível com uma prova de nível nacional.Todos os anos o Inep quer inventar moda e lança uma prova defeituosa, ano passado foi a de ciência da natureza e esse ano eles capricharam em Linguagens.

    ResponderExcluir

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.