As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

domingo, 12 de agosto de 2012

Leishmaniose (I): Semana Nacional de Controle e Combate à Leishmaniose

Devido à correria dos últimos dias, estou divulgando com atraso. Mas como ações contra doenças devem acontecer 365 dias por ano, acho que sempre é tempo de falar do assunto. Grifos por minha conta:

Superintendência de Vigilância em Saúde/Centro de Controle de Zoonoses
Estrada de acesso ao Centro de Zoonoses, nº 2002, Zona Rural
Sete Lagoas – Minas Gerais
Fone: (31) 3771-5796 - E-mail: cczsetelagoas@yahoo.com.br

Sete Lagoas,

27 de Julho de 2012.

Ofício Circular nº. 001/2012/CCZ/SMS
Assunto: “Semana Nacional de Controle e Combate à Leishmaniose”

Foi publicada no Diário Oficial da União, em 04 de abril, a Lei 12.604/2012. Assinada pela presidente da República, Dilma Roussef, a nova norma institui a Semana Nacional de Controle e Combate à Leishmaniose. Ela será celebrada anualmente na semana que incluir o dia 10 de agosto.
A nova lei foi criada para estimular ações educativas e preventivas; promover debates e outros eventos sobre as políticas públicas de vigilância e controle da leishmaniose; apoiar as atividades de prevenção e combate à leishmaniose organizadas e desenvolvidas pela sociedade civil; e difundir os avanços técnico-científicos relacionados à prevenção e ao combate à leishmaniose.
No Brasil, a leishmaniose visceral (LV) tinha inicialmente um caráter eminentemente rural, mas, nas últimas décadas, expandiu para áreas urbanas de médio e grande porte. A urbanização da leishmaniose visceral, associada à grande mobilidade dos reservatórios e vetores, faz com que a doença exiba elevado potencial de expansão e maior dificuldade de controle.
Em Sete Lagoas, a doença apresenta um padrão de transmissão tipicamente urbano (domicílio e peridomicílio) e dada a sua incidência e alta letalidade, constitui-se em uma das endemias mais importantes do município. Os primeiros casos humanos do município ocorreram no ano de 1999.
A Secretaria Municipal de Saúde mantém, permanentemente, 24 agentes de zoonoses que trabalham exclusivamente nas ações de controle da doença. São realizados inquéritos caninos censitários e amostrais na cidade assim como o controle vetorial. As ações são direcionadas de acordo com a realidade epidemiológica existente, com realização de ações programadas visando atingir principalmente áreas de maior ocorrência de casos humanos e caninos. Em 2011 foram examinados 18.787 cães, dos quais 588 soropositivos, e borrifados 2.655 imóveis. Nos últimos cinco anos ocorreram no município 32 casos de Leishmaniose Visceral Humana, com 2 óbitos em 2009. Atividades de informação e divulgação da doença são realizadas pela equipe de Mobilização Social do CCZ.
A participação da comunidade é fundamental para o controle da doença. Para isto, é importante o conhecimento dos sintomas, tratamento, forma de transmissão e medidas preventivas.
Em nosso Município a Semana Nacional de Controle e Combate à Leishmaniose, será realizada de 6 a 10 de Agosto de 2012. Por ser uma doença pouco conhecida pela população, as atividades de informação e divulgação serão prioritárias durante a Semana de Leishmaniose.
 
Estamos à disposição, para maiores informações.
Vanessa Valladares Bahia
Médica Veterinária/Diretora do CCZ

Lígia Maria dos Reis
Mobilização Social/CCZ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique em "Participar deste site" e siga o blog para sempre receber informações sobre atualizações. O seu comentário será publicado após ser lido pelo administrador do blog.